UEMA e Caixa Econômica assinam Contrato para construção de Quadra Poliesportiva

IMG-20171113-WA0012

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Caixa Econômica Federal firmaram na manhã desta segunda-feira (13), uma importante parceria com a assinatura do Contrato de Execução no valor de 975 mil reais para a construção de uma Quadra Poliesportiva no Campus Paulo VI, sob a supervisão da Prefeitura de Campus. Recurso assegurado por meio de uma Emenda Parlamentar individual do deputado federal Hildo Rocha.

Conforme explica o reitor Gustavo Pereira da Costa, este é um projeto há muito tempo aguardado pela comunidade universitária da UEMA, especialmente da parte dos alunos. “Isso foi possível graça a atuação política do deputado Hildo Rocha, que assegurou recursos para que esse investimento pudesse ser feito. Agora, vamos dar início à fase de formalização do processo para a execução da obra, que até o final do ano de 2018 estará concluída”, afirmou o reitor.

Ele disse ainda: “Transmito a satisfação da nossa comunidade que está muito feliz com este empreendimento que certamente povoará o nosso Campus com mais um espaço de prática esportiva e de integração universitária”.

O deputado Hildo Rocha, esclareceu a importância do momento, informando que está muito felizIMG-20171113-WA0011 com a assinatura do contrato entre a UEMA e a Caixa Econômica, fruto da liberação de Emenda de sua autoria para a construção da nova Quadra Poliesportiva no Campus Paulo VI. “É uma felicidade ter conseguido recursos e está participando, no dia de hoje, da assinado do contrato para a execução da obra”, relatou.

Conforme apontou o pró-reitor de Extensão e Assuntos Estudantis, Paulo Catunda, é gratificante está envolvido em um processo que beneficia os alunos da UEMA, como já existe na assistência estudantil e na extensão, agora no esporte. “Estamos fechando um pacote para os alunos, com o objetivo de lhes oferecer uma melhor qualidade de vida no curso e, também, para que formemos profissionais bem capacitados em todos os aspectos”, avalia.

Para a coordenadora de Assuntos Estudantis, da Proexae, Marília Albuquerque, a construção da Quadra tem dois papéis fundamentais. O primeiro é trazer o aluno para vivenciar a instituição, como a sua própria casa. O segundo, não basta esse aluno ter só a formação acadêmica, ele precisa ter qualidade de vida. “Isso faz parte do viver humano, o que é extremamente importante”, frisou a coordenadora.

Já o chefe do Departamento de Educação Física, José Nilson Andrade, reconhece que a administração superior da universidade preenche uma lacuna aberta na instituição, investindo na qualidade de vida, por meio de atividades esportivas. “Com a Quadra Poliesportiva conseguiremos uma maior integração com a comunidade universitária, alcançando maior contingente de alunos e abrindo as portas para as comunidades circunvizinhas à academia”, entende.

Texto: Alcindo Barros

Compartilhar.