PAES 2019: UEMA oferta cursos superiores de tecnologia em Fruticultura, Gestão Ambiental e Alimentos na região da baixada maranhense

students-1807505_960_720

Inscrições para o PAES 2019 seguem até 17 de agosto e podem ser feitas aqui

Atendendo às crescentes demandas sociais, econômicas e culturais, a Universidade Estadual do Maranhão está ofertando no Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2019) os cursos superiores de Tecnologia em Fruticultura, Gestão Ambiental e Alimentos na região da baixada maranhense, em especial, no novo Campus de São Bento.

Vamos conhecer os cursos do novo Campus de São Bento?

O curso de Tecnologia em Fruticultura visa à formação de profissionais qualificados para atuarem na cadeia produtiva da fruticultura. Dessa forma, a Universidade visa contribuir e estimular o desenvolvimento da economia regional. Os profissionais dessa área estarão habilitados para planejar, projetar, gerenciar e executar empreendimentos voltados para a produção de frutas. Eles também podem elaborar e executar projetos agrícolas que compreendem a implantação, cultivo, produção, colheita e pós-colheita de frutas. Além disso, podem fiscalizar, elaborar relatórios e pareceres sobre o controle de qualidade, classificação e certificação de frutas. Podem ainda fazer vistorias, realizar perícia, avaliar, emitir laudo e parecer técnico em sua área de formação, entre outras atribuições.

Já a inserção do curso de Gestão Ambiental no Campus São Bento pode promover um grande impacto na preservação e recuperação de recursos naturais. Assim, o tecnólogo em Gestão Ambiental é um profissional fundamental para a sociedade contemporânea. Ele tem a missão de pensar, planejar, executar e acompanhar atividades de preservação e recuperação do meio ambiente.

O Curso Superior de Tecnologia em Alimentos , por sua vez, tem como foco estudos de técnicas relativas aos processos de industrialização dos produtos de origem vegetal, animal e de bebidas, sem perder a dimensão humana essencial em todos os processos. Assim, para que o alimento chegue às mesas de forma segura e saudável, a indústria conta com a contribuição essencial dos profissionais qualificados em Tecnologia em Alimentos. Esse profissional é apto também para coordenar programas de conservação e controle de qualidade de alimentos; gerenciar a manutenção de equipamentos na indústria de processamento de alimentos; desenvolver, implantar e executar processos de otimização na produção e industrialização de alimentos, desenvolver novos produtos e pesquisa na área de alimentos, entre outras funções e atribuições essenciais para a conjectura da sociedade atual.

Por: Walline Alves

Compartilhar.