Membros do Conselho Gestor da Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia são empossados


Por em 28 de junho de 2012



 

Professora Zulene Barbosa fala aos conselheirosAconteceu, na noite de ontem (27), a solenidade de instalação do Comitê Gestor da Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia – Núcleo Estadual, realizada no prédio do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Na oportunidade, estiveram presentes o do diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), José Antonio de Carvalho, representando o reitor José Augusto Oliveira; a diretora Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Rita Guerra; o chefe de Departamento de Sociologia e Antropologia, da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Marcelo Carneiro; o chefe do Departamento de Ciências Sociais, Protásio Cézar dos Santos, além de pesquisadores, estudantes e convidados de diferentes instituições.

No Maranhão, o projeto está sendo coordenado pela professora Zulene Muniz Barbosa, também coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioespacial e Regional (PPDSR) da Uema.

Segundo a professora Zulene Barbosa, a Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia é uma rede de pesquisa e extensão, que congrega diversos programas de pós-graduação dos nove estados da Amazônia Legal, e será o mecanismo de articulação entre as universidades, institutos de pesquisa e órgãos públicos de planejamento, fomento e gestão do desenvolvimento regional amazônico, tendo como missão contribuir para a concepção, formulação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas de desenvolvimento sustentável para a região, seus estados e municípios, apoiadas no conhecimento científico, nos saberes tradicionais e na participação qualificada dos atores regionais.

Durante a cerimônia, a professora Rita Guerra ressaltou, “temos observado na Fapema a acrescente submissão de propostas nesta área do conhecimento. Se formos fazer um comparativo, de 2009 para 2012, aumentou bastante. Notamos que não são enviados somente projetos para publicação de livros, que é o grande forte dos pesquisadores das Ciências Sociais, mas também projetos de pesquisa. O perfil está se modificando devido à importância de se pensar em políticas públicas”.

O professor José Antônio de Carvalho aproveitou a oportunidade para agradecer a presença de todos e falou do PPDSR, bem como sobre a gestão universitária que tem buscado o fortalecimento da pós-graduação, investido em programas voltados para os docentes, a saber, os Dinter’s e Minter’s, além de destacar a importância do comitê gestor para a Uema, que já vem pensando e estudando assuntos referentes a essa temática.

Desfeita a mesa diretora, o evento teve continuidade com a palestra ministrada pelo professor Marcelo Carneiro, que discorreu o tema “Amazônia Legal”, na qual apresentou o mapa do desmatamento divulgado pelo Greenpeace, contendo informações alarmantes sobre a atual situação da região de floresta amazônica no Maranhão. Como não poderia deixar de faltar, também foram relatados os efeitos devastadores da sojicultora, o avanço da pecuária e o trabalho escravo no interior do estado. 

Na solenidade foram empossados os representantes da Fapema, da Federação dos Prefeitos do Maranhão (Famem); da Secretaria de Estado das Cidades (Secide); do Forum Carajás; do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e do Movimento Justiça nos Trilhos.



Últimas Postagens - Array /