Jorbios teve início no CESC


Por em 26 de outubro de 2012



A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), por meio do Centro de Estudos Superiores de Caxias (CESC), deu início nessa quarta-feira (24), a IV Jornada de Biologia e Saúde, com a palestra de abertura ministrada pelo reitor José Augusto Silva Oliveira.

Participaram da cerimônia, a diretora do CESC, Valéria Cristina Pinheiro; a diretora do Curso de Medicina e presidente da IV Jorbios, Rose Marie Jacome Castelo Gomes; o coordenador de Pesquisa da Uema, William Cardoso, representando o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Porfírio Guerra; a diretora do Curso de Biologia, Claudene Barros; a representante da FAPEMA, Rita Maria Candanedo Guerra; o gestor da Unidade de Educação Estadual de Caxias, Luís Faustino da Silva; o diretor Geral do IFMA-Campus Caxias, João da Paixão Soares; a diretora acadêmica da FAI, Maria do Amparo Silva; professores, alunos e convidados.

O evento, que se estende até o próximo sábado (27), objetiva possibilitar novos conhecimentos e novas discussões nas duas grandes áreas, envolvendo estudantes e profissionais, os quais reconhecem que o trabalho no campo é complexo e demanda diferentes tipos de saberes.

Para isso, a Jornada conta com a participação de aproximadamente 20 renomados professores pesquisadores e estudantes de instituições de ensino superiores de diversos estados do Brasil, o que a torna de caráter nacional.

Na sua palestra, o professor José Augusto apresentou importantes dados estatíticos sobre os avanços da UEMA nos últimos anos em diversas áreas. E, ao se dirigir ao público presente, ele disse: “A qualidade, meta permanente e mobilizadora de nossa gestão, deve continuar presidindo nossas decisões e orientando nosso compromisso”.

O reitor ainda falou da importância da universidade para o Maranhão, destacando que “A UEMA constitui-se, hoje, certamente, na maior universidade pública do estado, marcando presença em praticamente todo o território maranhense”. E finalizou informando o quanto a UEMA pode contribuir para o crescimento intelectual do ser humano, mostrando que a instituição tem uma grande missão, que é “servir à sociedade, oferecendo formação educacional de excelência orientada para a cidadania, produzindo conhecimento e prestando serviços de qualidade, por meio de uma gestão participativa com responsabilidade social e ambiental”.

Para a diretora do CESC, Valéria Cristina, a Jorbios é o evento científico mais importante ligado à área biologia e de saúde, que acontece no interior do Maranhão, pelo número de palestrantes e de alunos advindos de diferentes municípios do Estado e do País. “Neste fórum de discussão são apresentados um grande número de palestras, conferências, minicursos e seminários, contemplando temáticas atuais, de relevância na pesquisa desenvolvidas no Brasil”, ressaltou Valéria. E afirmou: “A Jorbios surgiu do dever de dar a resposta à sociedade do investimento em professores pesquisadores que saíram para se qualificar fora da UEMA”.

A diretora do Curso de Medicina e presidente da IV Jorbios, Rose Marie Castelo Gomes, informa que a Jornada é uma atividade multidisciplinar envolvendo os cursos de Medicina, Enfermagem e Biologia, com vistas reunir pesquisadores dessas duas áreas, no sentido de fortalecer o conhecimento científico e trocar experiências, além de implementar a capacitação profissional da região leste maranhense, cuja sede é o CESC.

Já a aluna Histelle Sousa do Nascimento, do 8º período do Curso de Biologia esclareceu, que esta é a segunda jornada que participa e, diferentemente do ano passado, está mais voltada para a área de saúde. “Isso não tira o brilho do evento porque a interdisciplinalidade é essencial para o crescimento de qualquer estudante, por isso, considero esta Jorbios de suma importância para qualquer graduando”, disse.



Últimas Postagens - Array /