Professor da UEMA defende tese de doutorado no ITA


Por em 14 de dezembro de 2012



O professor Fernando Oliveira do CCT/Diretor do CFO/BM (Natural de Caxias, ex-aluno do Curso de Engenharia Mecânica da UEMA e mestre pelo ITA em 2007) defendeu com êxito, sua tese de Doutorado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em São José dos Campos-SP, com o tema “Estudo experimental sobre combustão sem chama visível com ar pré-aquecido”.

Segundo o pesquisador da área de combustão e estudos energéticos no Brasil, João Andrade, o trabalho foi bastante original com resultados significativos e de boa qualidade. Ele afirmou, ainda, que o trabalho, além de produzir forte contribuição cientifica, servirá como referência para pesquisas posteriores tanto no cenário brasileiro quanto no internacional, nesta área do saber.

Conforme esclarece o professor Fernando Oliveira, a pesquisa consistiu do estudo de uma técnica de combustão (diferente da combustão convencional), que durante o seu funcionamento não ocorre a presença de uma chama visível (“combustion flameless”). Ele explica, que essa é uma tecnologia considerada recente, e tem sido bastante estudada por pesquisadores europeus.

Para execução do trabalho, o professor projetou um modelo de câmara e de um queimador de escala laboratorial, que atendesse aos requisitos desse regime. Durante os experimentos, foi usado como combustível, o gás natural e como oxidante, o ar pré-aquecido a 250 ºC.

Fernando mostra, que as principais vantagens apresentadas, foram a redução simultânea da emissão de poluentes, tais como o Óxido de Nitrogênio (NOx) e Monóxido de Carbono (CO), a redução no consumo do combustível e a elevada eficiência térmica. “A aplicação desta técnica focaliza, principalmente, os fornos industriais metalúrgicos, a indústria química e petroquímica e, ainda, câmaras de combustão estacionárias e aeronáuticas”, ressalta.

Com os resultados da pesquisa, o professor já realizou duas publicações em congressos internacionais: (ICCEU 2012), em Portugal, e o (Hefat 2012), em Malta; no mês de julho, nos quais a UEMA foi citada como instituição colaboradora naqueles trabalhos.

A Banca Examinadora foi composta pelos professores PhDs Ézio Garcia (Presidente – ITA); Pedro Lacava (Orientador – ITA); Luis Barreta (Membro interno: ITA); João Andrade (UNESP – Guaratinguetá); e Fernando Costa (INPE – S. J. Campos).



Últimas Postagens - Array /