SEDUC e UEMA encerram processo seletivo com tranquilidade


Por em 20 de janeiro de 2013



As provas do Processo Classificatório para Ingresso de alunos na primeira série do Ensino Médio da rede pública estadual de ensino foram finalizadas pontualmente às 17h, da tarde de hoje (20).

O certame é uma realização da Secretaria de Estado de Educação do Maranhão (SEDUC), sob a coordenação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), e objetiva selecionar estudantes para o ingresso em escolas da Unidade Regional de Educação de São Luís, que receberam uma demanda superior à oferta de vagas.

Segundo dados da Comissão de Vestibular da Pró-Reitoria de Graduação (PROG), que coordena o processo, foram contabilizados cerca de 18% de candidatos faltosos, da soma total de 6.818 inscritos. Ao todo, estão sendo oferecidas 23.950 vagas, distribuídas em todas as escolas da região metropolitana de São Luís.

De acordo com a pró-reitora de Graduação, professora Maria Auxiliadora Gonçalves Cunha, as atividades do processo classificatório ocorreram dentro da normalidade, sem transtornos. “A aplicação dos testes aconteceu com tranquilidade e segurança, conforme havíamos planejado”, ressaltou.  

No tocante à parceria entre a UEMA e SEDUC, a pró-reitora afirmou que “a UEMA, por sua tradição em realizar concursos para selecionar seus estudantes, está, há vários anos, trabalhando com a SEDUC na realização do processo classificatório para ingresso de alunos na rede pública estadual. Apesar de ser um seletivo mais simples com etapa única, todas as normas de segurança e demais providências necessárias são tomadas para o bom andamento do processo”, asseverou.

Para a candidata Raíssa Kierlly Santos Leite, do município de Penalva, que pretende conquistar uma vaga no Centro de Ensino Liceu Maranhense, “a prova foi muito boa, com nível de complexidade acessível, o que me faz acreditar em minha aprovação”, afirmou.

A estudante Gabrielle Araújo Lima, de 14 anos, acompanhada pelo seu pai, Domingos Alves Lima afirmou que estava bastante ansiosa, chegando ao local de prova com 4 horas de antecedência. “Apesar do nervosismo, fiz um bom teste. A prova não estava difícil, acredito que conseguirei atingir meu objetivo, que é uma vaga no Liceu Maranhense”.

A SEDUC, adequando-se à legislação que regulamenta sobre a inclusão social de pessoas com deficiência, contratou profissionais especializados para atender às solicitações desses estudantes.

 A supervisora de Educação Especial da SEDUC, Maria do Perpetuo Socorro Castelo Branco, garantiu que os 12 candidatos com deficiência intelectual, visual e auditiva foram devidamente acompanhados por profissionais especializados que lhes auxiliaram na realização do certame.

Já a superintendente de Educação Básica da SEDUC, Lucinete Fernandes Vila Nova, afirmou que o propósito da Secretaria é garantir a inclusão de todos os estudantes, sendo necessário assistir com qualidade esses alunos. “Temos buscado oferecer as condições viáveis para que os alunos com quaisquer que sejam as deficiências, bem como os demais estudantes tenham suas necessidades atendidas no processo”, confirmou.

Participaram das provas os alunos que desejam ingressar nos Centros de Ensino Liceu Maranhense (matutino e vespertino), Paulo VI (matutino), José França de Sousa (matutino), Mário Martins Meireles (matutino), Domingos Vieira Filho (matutino) e Estado da Guanabara (matutino e vespertino).

O gabarito estará disponível amanhã (21), no site da SEDUC (www.eudcacao.ma.gov.br) e da UEMA (www.uema.br). O resultado do seletivo será divulgado no dia 31 de janeiro.



Últimas Postagens - Array /