Uema abre inscrições para o mestrado em Cartografia Social e Política da Amazônia


Por em 7 de maio de 2013



A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG) da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), por meio do Departamento de Ciências Sociais, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), torna público para conhecimento dos interessados, que estão abertas as inscrições para seleção de candidatos ao Programa de Pós-Graduação “Stricto Sensu” em Cartografia Social e Política da Amazônia.

O mestrado em Cartografia Social e Política da Amazônica surgiu, a partir de um termo de cooperação entre a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Uema, no qual a UFMG dará à Universidade Estadual apoio didático em um convênio de cinco anos.  A Capes teve papel primordial na aprovação desse mestrado, que terá como linhas de pesquisa: a Cartografia social, povos e comunidades tradicionais, territorialidades e movimentos sociais na Amazônia; a Narrativa, memória e identidades coletivas na Amazônia e o Estado, governo, políticas de desenvolvimento e territorialidades na Amazônia.

Segundo o chefe do departamento de Ciências Sociais, Protásio Cézar dos Santos “o mestrado em Cartografia Social e Política da Amazônica é voltado para a área de Ciência Política, no qual enriquece e dará grande visibilidade à nossa instituição, possibilitando o crescimento na pós-graduação e fazendo com que o Curso de Ciências Sociais tenha uma dimensão maior e possa contribuir com as questões sociais do Estado do Maranhão”.

E complementou, “espero que, em pouco tempo, possamos estender o programa com a ampliação em um doutorado, o que vai depender da própria dinâmica do curso e da produção dos alunos e dos professores”.

O programa recebeu da administração superior da Uema todo o apoio para que se instalasse em tempo hábil para a aprovação pela Capes. Durante seu desenvolvimento serão discutidas questões da Amazônia, tais como o porquê de sua não melhoria, apesar de grandes projetos desenvolvidos para esse fim.

Segundo o diretor do CCSA, José Antônio Ribeiro, “é um programa que enaltece a Uema e tem o intuito de contribuir para uma melhor capacitação do quadro de professores da Universidade e dará sustentáculo teórico aos alunos, para que façam a análise das questões sociais e política da Amazônia”.

Sob a coordenação local da diretora do Curso de Ciências Sociais, Cynthia Carvalho Martins, o programa disponibiliza onze vagas para candidatos residentes no Brasil e três vagas para candidatos residentes permanentes no exterior. Essas vagas para candidatos do exterior estão sendo disponibilizadas porque a Uema está realizando convênios com universidades dos Estados Unidos, da Colômbia e da Argentina. Sendo que, a assinatura de tais convênios, dará outra dimensão ao mestrado.

As inscrições para o processo seletivo poderão ser efetuadas pessoalmente pelo interessado, ou por procurador devidamente constituído, entre os dias 2 de maio e 14 de junho, no horário das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30.



Últimas Postagens - Array /