Uema promove debate sobre Cadeia Produtiva do Arroz no Maranhão


Por em 21 de maio de 2013



As discussões fazem parte das atividades do I Workshop de Valorização e Inovação da Cadeia Produtiva do Arroz no Maranhão, iniciado na manhã desta terça-feira (21) e que se estenderá até amanhã (22), no auditório da Assembleia Legislativa do Maranhão. Realizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), o evento conta ainda com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e Embrapa.

Fizeram parte da mesa oficial de abertura o coordenador da Rede Brasil Arroz, Carlos Magri; o reitor da Uema, José Augusto Silva Oliveira; o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Cláudio Azevedo; o chefe da Embrapa Cocais, Waldemício Sousa; o chefe do Departamento de Produção do IFMA – Maracanã, José Zenóbio de Souza; a chefe-adjunta de Transferência de Tecnologia da Embrapa Arroz e Feijão, Maria José Del Peloso; e o professor do Departamento de Economia Rural da Uema, Luciano Cavalcante, que é o coordenador geral do workshop.

Também participaram da solenidade de abertura pesquisadores, professores universitários, extensionistas, fiscais agropecuários, produtores e tantos outros atores da cadeia produtiva do arroz, com destaque para estudantes de graduação e pós-graduação em Ciências Agrárias, cuja presença foi bastante expressiva e elogiada pelos membros da mesa, entre os quais, o reitor José Augusto que se declarou muito satisfeito em fazer parte de um evento que se propõem a contribuir com o desenvolvimento do estado.

Segundo Luciano Cavalcante, além de promover o intercâmbio entre profissionais e pesquisadores do Maranhão e de outros estados, o workshop pretende incrementar a pesquisa na rizicultura, difundir conhecimentos e tecnologias, bem como discutir a realidade regional dessa cultura. “Trata-se, portanto,  de mais uma das ações que a Uema e seus parceiros realizam em prol da cadeia produtiva do arroz maranhense, com vistas a garantir a segurança alimentar e a geração de emprego e renda para as pessoas envolvidas nesse ramo”, explicou.

Com uma programação extensa, o workshop se constitui de apresentações de palestras, debates e homenagens a extensionistas e pesquisadores que colaboraram para o desenvolvimento da orizicultura maranhense. Nesta manhã, por exemplo, os trabalhos foram iniciados com a apresentação das ações do Governo do Estado do Maranhão para fomentar a cadeia produtiva do arroz no Maranhão, durante palestra proferida pelo engenheiro agrônomo Luiz Fernando Pinheiro Rosa, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes).

Também pela manhã, o professor do Departamento de Química e Biologia da Uema, Altamiro Souza de Lima Ferraz Júnior, discorreu sobre a “Caracterização dos sistemas de produção de arroz no Maranhão”, seguido das apresentações do coordenador da Rede Brasil Arroz, Carlos Magri, que explanou sobre o “Projeto Rede Brasil Arroz no contexto da produção; e dos pesquisadores Luciano Cavalcante Muniz e Thiago Bousi (Embrapa Cocais), que falaram sobre “Diagnóstico, panorama, potencialidades e desafios da cadeia produtiva do arroz no Maranhão”.

As atividades do primeiro dia do Workshop de Valorização e Inovação da Cadeia Produtiva do Arroz no Maranhão foram encerradas às 18h. Amanhã, os trabalhos continuarão a partir das 8h30, com a realização de mais palestras e debates.



Últimas Postagens - Array /