Balanço das atividades e premiação da II Semana de Ciências Agrárias


Por em 31 de agosto de 2013



Aconteceu na noite da última sexta-feira (30), no Convento das Mercês, o encerramento da II Semana Acadêmica de Ciências Agrárias, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Fizeram parte da mesa o vice-reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa; a diretora do Centro de Ciências Agrárias (CCA), Francisca Neide Costa; a diretora do Curso de Agronomia, Ana Maria Silva de Araújo; o diretor do Curso de Medicina Veterinária, Ricardo de Macêdo Chaves; a presidente da Comissão Organizadora do evento, Ariadne Enes Rocha; e o representante dos monitores, Deglan Firmo Dourado.

Os diretores dos cursos exaltaram a participação dos alunos nos trabalhos da Semana, que possibilitou-lhes a troca de conhecimentos, e, também, dos monitores que fizeram parte da comissão organizadora. “Para quem organiza um evento deste porte, a grande satisfação é a do dever cumprido. Tenho certeza de que os alunos que participaram das atividades irão sair daqui com uma grande carga de experiência. Todos contribuíram para que este evento se tornasse um sucesso”, ressaltou a professora Francisca Neide Costa.

O vice-reitor Gustavo Costa, também manifestou sua satisfação ao perceber a excelente organização da II Semana de Ciências Agrárias, que faz parte do calendário acadêmico, e que já conquistou sua própria identidade. O vice-reitor destacou, ainda, que a Uema é uma instituição que mostra vida e entusiasmo nos mais diversos espaços em que está situada, e que esses espaços não pertencem apenas à instituição, mas, sim, a toda comunidade acadêmica. “As noções de espaço e tempo são completamente requisitadas no mundo em que vivemos. Essa sociedade em rede e global, influenciada fortemente pela tecnologia e pela velocidade das comunicações, é o mundo em que nós nos contextualizamos e, como seres humanos, somos contexto”, explanou.

O vice-reitor relembrou, na oportunidade, o pioneirismo das Ciências Agrárias na pesquisa e na pós-graduação. “A experiência mais longínqua que se tem da formação de professores de alto nível de titulação na instituição e, consequentemente, os primeiros agrupamentos de pesquisadores, alunos de iniciação científica, cursos de especialização e o primeiro programa de pós-graduação (Agroecologia), teve como locus as Ciências Agrárias. Isso orgulha a todos nós professores, alunos, servidores, mas, sobretudo, nós cidadão que financiamos a existência da Uema”, ressaltou o vice-reitor, que ainda desejou que se mantenha vivo o entusiasmo em produzir e participar de eventos promovidos pela universidade, hoje como estudantes, amanhã como profissionais.

A noite de encerramento da II Semana de Ciências Agrárias também contou com a festa de premiações dos trabalhos apresentados. Foram três dias de atividades, com a participação de mais de 400 inscritos. O balanço feito pela aluna Ana Karoline Sousa Mendes, do 7º período do Curso de Medicina Veterinária, foi positivo em relação a edição de 2012. “O evento foi muito importante para toda a universidade, trazendo pesquisadores de várias áreas das Ciências Agrárias. Neste ano, eu destaco para a boa organização do evento e das disposições das palestras, oficinas e minicursos, que abordaram temas atuais para os participantes”, pontuou.



Últimas Postagens - Array /