LabPEA realiza pesquisa sobre sustentabilidade pesqueira na Baixada Maranhense


Por em 25 de julho de 2014



A equipe do Laboratório de pesca e ecologia aquática (LabPEA) do Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (Cecen) da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), sob a coordenação da professora doutora Zafira da Silva de Almeida, está desenvolvendo atualmente dois projetos seniores e dez projetos de iniciação científica sobre sustentabilidade pesqueira na região da Baixada Maranhense.  Os projetos Seniores foram aprovados pelos editais REBAX e PIRACEMA, neste ano de 2014, financiados pela Fundação de Amparo a Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Maranhão (Fapema).

Os projetos “Aspectos Bioecológicos, Pesca e Cadeia Produtiva de Peixes (REBAX) e “Biologia Reprodutiva de Peixes Comerciais para o Ordenamento Pesqueiro" (PIRACEMA) contam com uma equipe formada por professores e estudantes do curso de biologia, e engenharia de pesca e do mestrado de Recursos Aquáticos e Pesca. Com atuação nos municípios de Penalva, Viana, Matinha, São Bento e Santa Helena, cada projeto tem duração de dois anos com expedições de coleta mensais.

 A região em estudo é o complexo lagunar Pindaré/Mearim e rio Turiaçu, área na qual a pesca tem extrema importância social e economia. Os objetivos da pesquisa são de compreender a complexidade da estrutura bioecológica, pesca e da cadeia produtiva das comunidades de peixes nestes sistemas lacustres e no rio Turiaçu, visando subsidiar estratégias de manejo reprodutivo e estabelecendo políticas de desenvolvimento sustentável para ambientes aquáticos, buscando compreender a dinâmica da biologia reprodutiva das principais espécies de peixes comerciais para embasar políticas de ordenamento pesqueiro.

 


 



Últimas Postagens - Array /