Curso de Direito do CESB desenvolve prestações de serviço judiciário no CEJUSC


Por em 15 de dezembro de 2014



O Curso de Direito Bacharelado do Centro de Estudos Superiores de Bacabal (CESB), da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), desenvolve prestações de serviço judiciário para a comunidade de Bacabal, no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), como projeto de extensão universitária, a fim de resolver conflitos e promover a cidadania.

Recentemente, os alunos participaram do I Curso de Formação dos Conciliadores na Comarca de Bacabal, sob a coordenação do Juiz Marcelo Silva Moreira, titular do Juizado Especial Cível e Criminal e coordenador dos CEJUSC. O treinamento objetivou capacitar e habilitar os participantes a funcionarem como conciliadores e mediadores nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania, supervisionados por professores do CESB.

De acordo com a diretora do CESB, Rozilma Bauer, o atendimento de conciliação é gratuito para a comunidade. “A atuação dos alunos no CEJUSC é uma forma de colocar em prática todo o aprendizado teórico desenvolvido em sala de aula”, destacou.

O CEJUSC, que foi implantado em parceria entre a UEMA e o TJMA, através do Centro de Estudos Superiores de Bacabal (CESB), é uma unidade do poder Judiciário, criado pela Resolução nº 125 de 2010, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que permite às partes a possibilidade de buscar uma solução amigável antes da judicialização do conflito, por meio da conciliação e da mediação que são formas de solucionar célere e adequadamente os conflitos de interesse dos jurisdicionados.

Com essa iniciativa, o CESB, através do Curso de Direito, contribuirá com o funcionamento dessa nova unidade, já que seu corpo docente e discente participará das atividades de atendimento junto à comunidade local no Centro Judiciário.

Junto com o CEJUSC funciona o Núcleo de Prática Jurídica do CESB, no qual os alunos do Curso de Direito dão sua contribuição como estagiários que consiste no desenvolvimento de audiências e sessões, redação de peças processuais e visitas a órgãos judiciários, prestação de serviços jurídicos e técnicas de negociações coletivas, arbitragens e conciliações.

Para o professor José Augusto, o CEJUSC se justifica pela elevada contribuição que oferece ao município de Bacabal e entorno, na resolução das questões afetas ao poder judiciário e, de modo particular, traz um grande benefício para a UEMA, possibilitando a melhoria da formação profissional dos alunos do Curso de Direito oferecido pelo CESB. “O CEJUSC só vem consagrar uma importante parceria da UEMA com o TJMA”, destacou.

 

 



Últimas Postagens - Array /