DALCAR visualiza UEMA como uma instituição forte na oferta de cursos profissionalizantes


Por em 11 de fevereiro de 2015



Dalcar Nunca se vendeu tantos carros no Brasil como nos últimos anos. E, devido a esse crescimento, o setor automotivo é um dos mais estratégicos da economia brasileira, responsável por mover o país por meio da fabricação de carros, motos, caminhões, ônibus, embarcações e demais veículos motorizados. A área automotiva abrange as indústrias automobilísticas, náuticas, de autopeças e também a rede de pós-venda e manutenção.

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) antenada a essa movimentação do mercado de trabalho e com foco no desenvolvimento do estado, implantou 14 cursos técnicos, todos ofertados na modalidade a distância, intermediados pelo seu Núcleo de Tecnologias para Educação – UEMANET. Dentre os cursos, insere-se o de Manutenção Automotiva.

A qualidade empregada na oferta dos cursos tem despertado também as empresas privadas a procurar a UEMA em busca de parcerias. Entre as empresas, destaca-se o Grupo DALCAR, que já havia visitado a instituição em novembro de 2014 e, nessa terça-feira, 09 de fevereiro, retornou com suas proposições para o alinhamento da parceria.

A concessionária pretende qualificar seus funcionários para atuarem em diferentes frentes, como: instalação, produção e manutenção automotiva, ou seja, formar profissionais com conhecimentos de sistemas automotivos eletrônicos e elétricos, com competência para coordenar equipes de trabalho, planejamento, desenvolvimento e avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas.

É nessa perspectiva que a UEMA trabalha, daí o interesse da DALCAR em firmar um acordo no qual seja ministrado um curso que alie a expertise dos dois parceiros. Isso também significa que os outros alunos da UEMA terão a oportunidade de participar de práticas e estágios na empresa.Dalcar2

Segundo Moisés Santos, gerente de Pós-Venda da DALCAR, existe uma grande demanda nessa área, mas falta profissional qualificado no mercado. “O mercado está sempre com necessidade desses técnicos, no entanto, faltam profissionais porque também faltam Instituições para capacitá-los. Os carros da atualidade possuem uma alta tecnologia e há um déficit de mão de obra para lidar com essa tecnologia. A UEMA surge nesse meio para formar a mão de obra que irá atender a demanda”, disse.

Para a coordenadora geral do UEMANET, Profa. Ilka Serra, o mercado automobilístico se renova a cada dia.

“O mercado vive em constante mudança, é muito dinâmico e inovador. Concordo com o Sr. Moisés quando ele diz que a tecnologia empregada nos automóveis exige muito dos profissionais da área. E é essa a preocupação que a UEMA tem ao oferecer cursos técnicos mediados pelas tecnologias, implementando metodologias e práticas, tanto no ambiente virtual quanto em laboratórios. Implantamos recentemente um moderno Laboratório de Manutenção Automotiva, que tem dinamizado consideravelmente as aulas práticas. O reitor Prof. Gustavo Pereira e toda a Universidade ficam muito felizes em poder atender as necessidades do nosso Estado. Vamos, agora, partir para a fase de formalização que envolve os compromissos dos parceiros”, destacou.

Participaram também da reunião as professora Eliza Flora e Sandra Regina pelo Núcleo da UEMA e Laena Reis Carvalho (Coordenadora de Recursos Humanos) e Glaucia Glenda Ramos (Analista de Treinamento) pelo Grupo DALCAR. Dalcar3

Por: Paula Lima

 



Últimas Postagens - Array / noticias-uema