UEMA participa de debate sobre sistematização dos Planos Municipais de Educação


Por em 5 de março de 2015



IMG_5359 - Copia

Ao lado da secretária Áurea Prazeres e de coordenadoras, a professora Ilka Serra destaca a importância do Plano, na abertura da solenidade

Gestores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) participaram, nessa quarta-feira (4), da Reunião Técnica para sistematização dos Planos Municipais de Educação. O evento promovido pela Secretaria de Estado da Educação, aconteceu no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O objetivo do encontro foi assegurar apoio técnico para a organização, adequação e elaboração dos Planos Municipais de Educação (PME); subsidiar as equipes técnicas municipais na sistematização e na construção do diagnóstico municipal; discutir as modalidades da educação e os elementos estruturantes para a construção de metas e estratégias para cada localidade.

IMG_5360 - Copia

Professora Eliza Flora

“Nós precisamos pensar na valorização e na ressignificação da escola pública no Maranhão. Temos que discutir com os municípios que é de fundamental importância garantir o PME e lembrar que ele precisa ter o sentido real daquilo que deve acontecer para a aprendizagem e valorização da escola pública. Esse é um espaço de legitimação do fazer pedagógico”, destacou a secretária de Educação, Áurea Prazeres.

Dos 217 municípios maranhenses, 60 ainda não possuem diagnóstico para elaboração do PME, muitos deles sem comissão definida para alinhar o documento aos Planos Nacional e Estadual. Em parceria com o Ministério da Educação e SEDUC, a UEMA possui, em seu Núcleo de Tecnologias para Educação (UEMANET), uma equipe responsável pelas ações do Programa de Ações Articuladas (PAR), para dar suporte aos técnicos municipais na construção do respectivo Plano.

Na oportunidade, a coordenadora do Núcleo, Ilka Serra, representando o reitor Gustavo Costa, enfatizou o compromisso e a responsabilidade da instituição no que diz respeito ao desenvolvimento educacional no estado. “Os municípios que ainda faltam finalizar o Plano possuem uma equipe forte e preparada para sanar dificuldades. A UEMA se disponibiliza para ajudar em todos os aspectos que sejam precisos. Eu agradeço pela confiança que é dada nesse sentido, e reitero que a universidade está de portas abertas para esse processo que compõe o aperfeiçoamento no ensino”, complementou.

IMG_5372 - Copia

A professora Eliza Flora fala ao público presente

Já a articuladora institucional do PAR, Eliza Flora, expôs uma síntese da real situação dos municípios, mostrando que, dos 60 municípios pendentes, 22% possuem baixo IDH e 46% encontram-se na lista de bloqueados para aquisição de recursos. A partir disso, apresentou algumas proposições que visam auxiliar na elaboração do Plano, como: conhecer bem o cenário municipal, ter a real dimensão das demandas educacionais, reconhecer fragilidades, ter visão de oportunidades e tomar decisões coerentes e pactuadas.

Para ela, a parceria feita entre os órgãos só tem a melhorar a realidade educacional no estado: “A SEDUC e a UEMA contribuem diretamente na orientação para a elaboração dos planos municipais. Nós estamos aqui para dar o nosso total apoio, na promoção de uma gestão escolar democrática e participativa”, finalizou.

Por: Jesilene Corrêa

Fotos: Edson Ferreira



Últimas Postagens - Array / noticias-uema