UEMA promove I Encontro de Geografias em homenagem ao Dia do Geógrafo


Por em 1 de junho de 2015



geografiaAconteceu na última sexta-feira(29), no auditório do Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (CECEN) da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o “I Encontro de Geografias: Território na Política Social o Ensino de Geografia”, evento em homenagem ao Dia do Geógrafo. O dia também foi de comemoração pelos 20 anos do Curso de Geografia da Instituição.

Participaram da solenidade a diretora do CECEN, Ana Lúcia Duarte; a diretora do Curso de Geografia, Íris Maria Ribeiro Porto; a professora Nadja Bessa, representando o chefe do Departamento de História e Geografia, Ademir Terra; e a palestrante Vânia Rubia Farias Vlach, da Universidade Federal de Uberlândia.

A diretora Ana Lúcia comentou a importância de homenagear os profissionais da Geografia e realizar um evento para discutir sobre os avanços nessa área: “O dia de cada profissão é importante para fortalecer o vínculo entre os profissionais. Além disso, este momento oportuniza maior aproximação entre os cursos de bacharelado e licenciatura, possibilitando trocas significativas de experiências e conhecimento”.

Após a solenidade de abertura, a professora Íris Porto coordenou uma mesa-redonda sobre “Território na Política Social o Ensino de Geografia”, na qual bacharéis e licenciados em Geografia expuseram experiências sobre ensino-aprendizagem, planejamento pedagógico, geoprocessamento e meio ambiente; e geografia agrária. Também foi apresentado o novo professor do Curso, Francisco Clébio Rodrigues Lopes.

Depois da mesa-redonda, houve o lançamento do livro “Ensino de Geografia, Diversidade e Cidadania: aprendizagens em construção”, organizado pelas professoras Íris Maria Porto e Vânia Vlach.

O livro, que contém vários artigos escritos por geógrafos do Maranhão e de Minas Gerais aborda temáticas como questões de gênero, preconceito racial, cinema, tecnologia, a formação dos livros didáticos de Geografia, dentre outras.professoras

Para a professora Vânia Vlach as questões abordadas são fundamentais para repensar os rumos da sociedade e a preservação do meio ambiente. “Fica muito claro que há razões da dinâmica natural que alteram o meio ambiente, mas também, há implicações humanas, ou seja, como nós nos relacionamos com o meio ambiente, exemplo disso é o desperdício de alimentos pela sociedade brasileira”, alertou.

Ao final do evento foi realizada uma sessão de autógrafos com as organizadoras do livro.

 Por: Débora Souza



Últimas Postagens - Array / noticias-uema