Reitor da UEMA discute parceria com secretária de Estado da Educação


Por em 19 de agosto de 2015



SAM_1231

O reitor Gustavo Costa com a secretária Áurea Prazeres, a pró-reitora de Graduação, Andrea de Araújo, e as assessoras da SEDUC, Elizabeth Gomes e Ana Champoudry, no gabinete da Reitoria

O reitor Gustavo Pereira da Costa recebeu, no gabinete da Reitoria, na tarde de ontem terça-feira (18), a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, para discutir parcerias entre as duas instituições.

Durante a reunião, tratou-se da implantação do projeto de Educação Indígena, que será lançado pelo Governo do Estado no final do mês de setembro. Também foi acertada a cessão de prédios da SEDUC para a UEMA, na capital e nos municípios de Itapecuru Mirim, Colinas e Zé Doca, bem como da regularização de outros imóveis ocupados pela Universidade.

Outro ponto tratado foi a transformação do Colégio Paulo VI, localizado no campus da UEMA em São Luís, em Escola de Aplicação.

De acordo com o reitor Gustavo Costa, a parceria com a SEDUC é motivada pela necessidade de avanços concretos na educação do estado. Ele declarou que essa união de esforços será formalizada por meio de convênios específicos que envolvem alfabetização, formação de professores e a Escola de Aplicação, bem como termos de cessão de prédios.

SAM_1216

O reitor Gustavo Costa e a secretária Áurea Prazeres discutem parcerias entre a UEMA e a SEDUC

“Há uma política institucional integrada da UEMA com a SEDUC em prol da educação, com a articulação de ações que convergem para benefícios concretos, com metas claras, como tem sido a marca do governo Flavio Dino. Envolve a urgente e imprescindível questão da alfabetização e da educação indígena, um débito histórico com essas comunidades. Viabilizará também que a UEMA possua melhores condições de funcionamento em alguns campi a partir de prédios próprios que serão cedidos pelo SEDUC. Por fim, a realização de um antigo sonho de professores e alunos que é a Escola de Aplicação no campus Paulo VI”, informa o professor.

Para a secretária Áurea Prazeres, a parceria com a UEMA será muito bem vinda neste momento de mudanças e de investimentos. ”A primeira reunião que realizamos, tanto eu quanto do reitor, pontuamos algumas questões que hoje estamos fechando, e saímos daqui com bons encaminhamentos. Estamos concluindo este encontro com um convênio em relação a um curso na área de Licenciatura Intercultural Indígena e com o entendimento da cessão de prédios para alguns campi da UEMA. Estamos também definindo um convênio para transformar o Colégio Paulo VI numa Escola de Aplicação, além de um convênio, que visa a realização de um curso de alfabetização”, declarou Áurea Prazeres. E acrescentou: “Temos, na verdade, um conjunto de ações que, com certeza, nosso governador vai organizar um momento para anunciar junto com  a Secretaria de Educação e a Universidade Estadual do Maranhão”.

Participaram da reunião a pró-reitora de Graduação, Andrea de Araújo; o chefe de gabinete da Reitoria, César Choairy; e as assessoras da SEDUC, Elizabeth Gomes e Ana Champoudry.

por Alcindo Barros



Últimas Postagens - Array / noticias-uema