Professores da UEMA reúnem-se para tratar de proposta salarial


Por em 1 de outubro de 2015



Professores reunidos durante Assembleia Extraordinária

Professores reunidos durante Assembleia Extraordinária

Na tarde da terça, 29, a Associação dos Professores da UEMA (APRUEMA) realizou Assembleia Extraordinária, no auditório do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Campus Paulo VI, a fim de discutir e deliberar sobre a proposta de reposição de perdas salariais encaminhada, por meio da Administração Superior da UEMA, ao Governo do Estado, em Abril deste ano.

Presente à Assembleia, o Reitor da Universidade Estadual do Maranhão, Gustavo Pereira da Costa, explanou sobre a proposta, destacando a importância do diálogo entre a Administração Superior e a Associação de professores, na construção da mesma.  “Nós inauguramos uma nova maneira de discutir e propor a tabela salarial docente. Todas as ações que realizamos em relação à proposta encaminhada ao Governo foram articuladas com a APRUEMA”, frisou.

Para o presidente da APRUEMA, Mivaldo Álvares de Oliveira, essa mudança de postura da Associação, em trabalhar em conjunto com a UEMA, caracteriza um elo de confiança e de força. “Juntos estamos sendo mais fortes para chegar ao ponto que tanto almejamos. A Administração superior da Instituição está nos dando todo o apoio necessário para que nossa proposta seja aprovada”, frisou.

O reitor explanou que a Associação propôs os percentuais de reposição de perdas, dentro das classes e dos níveis da carreira, enquanto que a Administração da UEMA atuou na esfera orçamentária e de inclusão da classe de professor associado. Em seguida, a proposta foi encaminhada ao Conselho de Administração da UEMA, que, por unanimidade, aprovou na íntegra a tabela.

Após as primeiras análises por parte da SEGEP, a proposta teve que ser readequada pela APRUEMA e pela Administração Superior quanto ao impacto previdenciário e ao pagamento feito de forma escalonada. O formato final da proposta prevê o início do pagamento da reposição de perdas salariais dos docentes da UEMA em Março de 2016, com parcelas em Dezembro de 2016,  Março de 2017 e Março de 2018.

Segundo o reitor, o Governador pessoalmente manifestou apoio ao pleito dos professores e reconheceu a necessidade de valorização da carreira do Magistério Superior.  Entretanto, em decorrência da crise de natureza financeira que atinge o país e o Estado, o Governo precisa avaliar em que medida os cortes afetarão as contas públicas estaduais, adiando o exame da matéria até o final deste ano.

Os professores, ao final, deliberaram em votação por maioria absoluta, aguardar a apreciação até o final de 2015 da proposta da forma como foi discutida com o Governo, incluindo a forma de implantação.

O reitor assinalou também todo o apoio que o Governo do Estado tem dado à UEMA nesses 9 meses de gestão, citando como exemplo os investimentos com recursos do BNDES para construção do Centro de Ciências Agrárias do campus Imperatriz, dos prédios novos para os cursos de Matemática e Física e Engenharia da Computação, em São Luís, a Fazenda Escola de São Bento e o novo Campus de São João dos Patos, entre outros.

Por: Walline Alves

Foto: Edson Ferreira



Últimas Postagens - Array / noticias-uema