Alunos do Programa Bolsa Trabalho assinam Termo de Compromisso


Por em 23 de novembro de 2015



IMG_0604A Universidade Estadual do Maranhão entregou, na manhã desta segunda-feira (23), o Termo de Compromisso aos 28 alunos do Campus Paulo VI selecionados para o Programa Bolsa Trabalho, destinado a discentes da Universidade em situação de vulnerabilidade econômica. Os selecionados receberam o Termo durante um café da manhã realizado no Restaurante Universitário, que contou com a presença de gestores e professores da instituição.

Ao todo foram ofertadas 50 bolsas, distribuídas nos diversos campus da UEMA. O Programa busca incentivar a permanência dos discentes com vulnerabilidade econômica nas atividades acadêmicas de graduação, minimizando a evasão dos alunos, promovendo a inclusão social e a igualdade de condições, como explicou o reitor Gustavo Pereira da Costa.

“O Programa Bolsa Trabalho é uma iniciativa deste reitorado e tem o propósito de assegurar uma condição favorecedora de permanência de alunos na UEMA. É uma forma de garantir que esses alunos possam frequentar a Universidade sem limitação material, às vezes até da passagem para se deslocar até a instituição. É uma forma da universidade se comprometer socialmente com os estudantes, e compreender que o papel da universidade pública vai muito além do ambiente de sala de aula”, acrescentou o gestor.

O pró-reitor de Extensão e Assuntos Estudantis, Porfírio Candanedo Guerra, ressaltou IMG_0584que a assistência ofertada auxilia na permanência do estudante ao longo de sua vida acadêmica.

“A oferta da Bolsa vem auxiliar os alunos que vivem uma condição de hipossuficiência financeira, motivos que podem impedir sua permanência na instituição. Este é um modelo em que o aluno, por sua vez, terá sua aprendizagem, colaborando em diferentes unidades administrativas da UEMA, ao mesmo tempo em que permanece dentro dela para cumprir seus compromissos acadêmicos”, frisou.

Para o estudante do 1º período do curso de Agronomia, Tiago da Silva, a oportunidade está sendo fundamental para garantir sua permanência na instituição.

“Essa iniciativa vai me ajudar bastante, porque sou do município de São Luís Gonzaga e estou com muita dificuldade para custear as despesas com passagem, estadia e materiais de estudo, como xerox, livros e outras coisas. Por isso pretendo aproveitar bastante essa nova experiência e aprender o máximo possível”, contou o discente.

O Programa Bolsa Trabalho terá duração de um ano e está sendo concedido a discentes da Universidade em situação de vulnerabilidade econômica para desenvolver atividades administrativas nas dependências da instituição.

“O objetivo é permitir que esses alunos, ao ingressarem na universidade, permaneçam na instituição com menos problemas e mais qualidade. Acredito que esse auxílio, para a instituição, vai trazer menor retenção do aluno, menor evasão e maior qualidade, porque ele vai ter tempo de estudar sem se preocupar com a questão financeira”, apontou a coordenadora de Assuntos da Comunidade Estudantil da PROEXAE, Marília Martins.

Por: Carol Ribeiro

Fotos: Edson Ferreira



Últimas Postagens - Array / noticias-uema