AGA/UEMA implanta programa de gerenciamento de resíduos laboratoriais


Por em 4 de dezembro de 2015



agaAtualmente, a maioria dos problemas ambientais reflete diretamente na saúde e qualidade de vida dos seres vivos, para diminuir os impactos causados pelos resíduos é necessário que seja feito um correto gerenciamento destes produtos. As Universidades, no desenvolvimento de suas atividades de pesquisa, ensino e extensão, são responsáveis pela geração de grande quantidade de resíduos, entre eles, reagentes químicos. Por isso, é necessário a implantação de uma política de gerenciamento, que trará benefícios para a sustentabilidade e o desenvolvimento.

Na Universidade Estadual do Maranhão, a Assessoria de Gestão Ambiental (AGA/UEMA), desenvolve o Programa de Impactos Ambientais nos Campi da Universidade, que visa estimular o desenvolvimento de práticas sustentáveis que envolvam todos os segmentos da universidade na resolução dos problemas socioambientais. Tendo em vista o grande volume de produtos químicos utilizados anualmente nas atividades da Universidade, a AGA/UEMA está desenvolvendo o projeto Gerenciamento de resíduos laboratoriais da Universidade Estadual do Maranhão.

De acordo com a assessora de Gestão Ambiental, Zafira Almeida, uma das primeiras etapas para estabelecer uma Política de Gerenciamento de Resíduos é realizar o diagnóstico da situação.
“A equipe AGA/UEMA se propôs a inventariar o estoque de reagentes químicos de 15 laboratórios de Ensino e Pesquisa do Campus Paulo VI, identificando, quantificando e organizando informações sobre os produtos químicos utilizados nos mesmos. Essas informações servirão de base para a futura implantação deste Programa de Gerenciamento de Resíduos da Universidade, cujos resultados serão obtidos a médio e longo prazo”, explicou Zafira Almeida.

aga1Ainda segundo a assessora, os projetos de extensão aprovados no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Extensão – PIBEX 2015/2016 vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos da Comunidade, tem colaborado no desenvolvimento dos trabalhos realizados pela equipe AGA/UEMA, no quesito de manuseio e destinação de reagentes químicos.

Um exemplo é o projeto “Resíduos químicos de laboratórios: levantamento qualitativo e da prática de descarte na UEMA/Campus São Luís”, orientado pela Profa. Maria do Socorro Nahuz Lourenço, que objetiva a realização do levantamento dos principais resíduos químicos utilizados nos laboratórios do Campus Paulo VI, realizando paralelamente a ação de sensibilização dos estudantes, docentes e funcionários para o correto manuseio dos diversos produtos químicos, além da importância do correto descarte dos resíduos gerados, demonstrando à comunidade acadêmica que as atividades de redução, reuso e reaproveitamento de resíduos representa um desafio constante para os futuros profissionais.

Já o projeto “Recuperação de reagentes químicos dos laboratórios de Química do Campus Paulo VI e utilização didática em escolas públicas da Cidade Operária”, orientado pelo Prof. Antônio Francisco Fernandes de Vasconcelos, pretende recuperar os reagentes vencidos nestes laboratórios e adequá-los quanto à concentração e pureza para o preparo de kits educacionais para a disciplina Química nas escolas da Cidade Operária, possibilitando que esses reagentes, ao invés de irem para o lixo sejam utilizando no estudo dos fenômenos químicos no ensino médio. Com o desenvolvimento deste projeto pretende-se minimizar em 50% o volume de reagentes descartados na UEMA e contribuir com a duplicação do número de aulas práticas nas escolas públicas do entorno, além de possibilitar uma maior interação entre os acadêmicos da UEMA com os alunos da educação básica.

Dentro das atribuições da AGA está o compromisso de oferecer subsídios para a gestão adequada dos resíduos perigosos das atividades, visando a melhoria da qualidade de vida e a segurança ambiental. “Com o estabelecimento dessas parcerias e o desenvolvimento de ações integradas, a AGA/UEMA pretende estabelecer de forma satisfatória o programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos e Biológicos em nossa Universidade, contribuindo para um correto manuseio e descarte de reagentes químicos, atendendo à legislação vigente e diminuindo o impacto ambiental gerado em nossas atividades” ressaltou Zafira Almeida.



Últimas Postagens - Array / noticias-uema