Poeta Ferreira Gullar recebe comitiva de alunos da UEMA


Por em 5 de agosto de 2016



Sem títuloUma comitiva formada por alunos e professores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) visitou o poeta maranhense Ferreira Gullar, na cidade do Rio de Janeiro.  Ao todo, seis acadêmicos do Curso de Letras e uma acadêmica do Curso de Direito puderam trocar conhecimentos e experiências com o imortal da Academia Brasileira de Letras.

Na oportunidade, o poeta recebeu 10 poesias selecionadas durante o Concurso de Poesias da Universidade Estadual do Maranhão: Prêmio Ferreira Gullar, para que escolhesse as três melhores. As poesias selecionadas por Ferreira Gullar serão apresentadas durante o lançamento do documentário “Simplesmente Gullar 2”, que será uma oportunidade de levar a experiência com o poeta à comunidade acadêmica.

“Ferreira Gullar é o maior poeta vivo da Língua Portuguesa no mundo, e isso não é pouca coisa. É também crítico de arte e artista plástico. Eu e os alunos ficamos emocionados com essa experiência. Os alunos ficaram extasiados em poder fazer perguntas a ele, interagir, entrar em sua intimidade. É preciso frisar que devemos esta viagem, também, a doadores que nos ajudaram por meio do nosso Livro de Ouro, e continuam nos ajudando para que realizemos obras significativas em nosso Prédio de Letras, como nossa Sala de Multimídia Toyoko Suenaga, que será inaugurada em breve”, destacou a diretora do Curso de Letras, Mayalu Felix.

Durante a visita, os alunos e professores puderam conhecer o acervoIMG_4553 bibliográfico e de artes plásticas do poeta maranhense, composto por obras autênticas de Oscar Niemeyer, Lygia Clark, Hélio Oiticica, Amílcar de Castro, Lygia Pape, Iberê Camargo entre outros.

“Também há obras do próprio Gullar, que, como ele nos explicou, nasceram de experiências e floresceram, tomando forma em mais de uma dimensão (colagens em 3D). Além dos livros, é claro, muitos, enfileirados nas estantes”, apontou Mayalu.

Em visita aos pontos turísticos da cidade, a comitiva foi presenteada com doação de 76 obras da Biblioteca Nacional e 10 obras da Academia Brasileira de Letras (ABL), além de periódicos da Academia, que passarão a integrar o acervo da Biblioteca Setorial Creusimar Siqueira, do Curso de Letras da Universidade Estadual do Maranhão.

 

Por: Carol Ribeiro



Últimas Postagens - Array / noticias-uema