Assembleia Legislativa do Maranhão homenageia a UEMA pelos 35 anos de história


Por em 17 de agosto de 2017



homenagem3O ano de 2017 está sendo um marco para a Universidade Estadual do Maranhão. São 35 anos de história de uma Instituição que possui forte presença em todo o Estado, devido a sua estrutura multicampi, somada aos polos de educação a distância e do Programa Ensinar.

Com tamanha representatividade para todos os maranhenses, e em face de seus 35 anos de história, a Assembleia Legislativa do Maranhão realizou sessão solene nesta quinta, 17, para comemorar as bodas da UEMA.

homenagem2Proposta pelo Deputado César Pires, professor da UEMA e ex-reitor da Instituição, a sessão solene contou com a presença do secretário de Ciência e Tecnologia, Davi Teles, no ato representando o Governador Flávio Dino, do secretário do Tribunal de Contas, Bernardo Leal, que representou o presidente do mesmo, José Caldas, do presidente da FAPEMA, Alex Oliveira, do vice-reitor, Walter Canales Sant´Ana, do professor e ex-reitor da UEMA, José Augusto Silva Oliveira, além de   deputados, docentes, diretores de centro, de curso, servidores, assessores especiais e autoridades locais.

César Pires afirmou que a UEMA é um orgulho para todos os maranhenses, devido a sua história de luta para chegar à posição na qual se encontra. “Hoje a UEMA possui grandes produções científicas, de relevância para toda a sociedade, tem mentes brilhantes, é realmente uma Instituição de grande importância para todo o Maranhão. Como não se orgulhar da UEMA? De toda minha história, nada me engrandece mais do que ter sido reitor dessa Universidade”, sublinhou.

homenagem6O reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa, agradeceu em nome de toda comunidade acadêmica, pelo gesto honroso da Assembleia em homenagear a Universidade. Ele assegurou que basta olhar para toda a trajetória da UEMA, de grandes conquistas acadêmicas, de forte presença territorial, que será fácil compreender o orgulho que essa Instituição desperta nos maranhenses.

“A UEMA nunca temeu caminhar em direção ao novo, ao encontro de culturas e pessoas diferentes. Muitas foram as lutas travadas nessa caminhada, vários foram os momentos de dificuldade (…) mas a UEMA avançou, progrediu sem hesitação, pela vontade e pela coragem de mulheres e homens que se uniram para defender a causa da educação superior”, frisou.

homenagem1Gustavo Costa ressaltou ainda que a uma universidade pública requer financiamento público, conforme prevê o art.220 da Constituição Estadual de 1989, e que o mesmo deve ser “consistente, regular, digno e compatível com o seu Plano de Desenvolvimento Institucional, à altura do seu desafio e de sua grandeza”, disse o Reitor.

Segundo ele, a UEMA reconhece e reivindica seu papel determinante no arranque para o desenvolvimento do Maranhão. “Sabemos o quanto somos imprescindíveis para a afirmação da cidadania, para o combate às desigualdades e para a construção de uma sociedade mais justa”, destacou.

Na sessão solene, o Reitor entregou ainda a medalha Gomes de Sousa, maior honraria da UEMA, ao Deputado Humberto Coutinho, presidente da Assembleia Legislativa. A medalha tem a finalidade de galardoar personalidades, de dentro e fora do território maranhense, merecedora de particular reconhecimento por suas realizações nas áreas da educação, da cultura, da ciência, das artes e da tecnologia.

homenagem4Humberto Coutinho destacou o papel preponderante que essa Instituição de Ensino Superior representa para o Estado. “Desde o seu berço, a UEMA vem transformando história, especialmente de pessoas simples, em todo o Estado, e consequentemente, elevando o nível intelectual do Maranhão. Receber essa medalha é sinônimo de satisfação e alegria, pois quem faz educação nesse país pode ser considerado um herói”, concluiu.

Por: Walline Alves

Fotos: Rafael Carvalho



Últimas Postagens - Array / noticias-uema