Mais Extensão: UEMA na luta pelo melhor desenvolvimento do Estado do Maranhão


Por em 29 de agosto de 2017



IMG_11000

Na tarde dessa segunda, 29, a Universidade Estadual do Maranhão realizou a abertura do Seminário do “Mais Extensão Universitária: extensão e desenvolvimento no contexto dos municípios de menor índice de desenvolvimento humano no Maranhão”. O evento aconteceu no Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís.

Na plateia, professores e alunos extensionista da UEMA vestiam a camisa do Programa, que se tornou um orgulho para a Instituição, segundo afirmou o Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Estudantis, Paulo Catunda. “A UEMA chega mais próximo da população por meio do Mais Extensão. Isso ocorre através do esforço dos professores e alunos que são verdadeiramente guerreiros, dedicando-se arduamente a esse projeto. Desejo que, ao finalizar suas atividades, o Mais Extensão só traga melhorias ao povo maranhense tão sofredor”, frisou.

O empenho dos docentes e discentes da Instituição foram ressaltados pelo  Prefeito de Conceição do Lago Açu, Alexandre Lima. Ele agradeceu à UEMA e ao Governo, por levar um projeto tão grandioso ao seu município, que possui baixo índice de desenvolvimento humano, com indicador de 0,512, segundo o IBGE. “O projeto que a UEMA desenvolve em Conceição do Lago Açu veio para engrandecer nosso município e as pessoas que ali vivem. De modo geral, o Mais Extensão é uma grande oportunidade de melhorar o nosso estado”, destacou.

A maior inspiração desse programa da UEMA, veio do “Mais IDH”, desenvolvido pelo Governo do Estado. O reitor da Universidade Estadual do Maranhão, Gustavo Costa, assinalou que a ideia sempre foi poder contribuir para a transformação do Estado, que possui indicadores que envergonham a todos os maranhenses e os que aqui vivem.

“A UEMA, como toda universidade, deve se ocupar da vanguarda, da agenda de pensar o futuro, porém não pode se abster das questões do agora, do hoje, do enfrentamento das dificuldades do povo do Maranhão que sustenta essa universidade”, dessa forma, “utilizamos para dar relevo ao Programa Mais Extensão, a inspiração do Mais IDH. E, nucleamos as áreas de educação, saúde e renda para que os projetos pudessem ser direcionados, para que professores e alunos puderem orientar suas propostas”, disse.

A maior qualidade do Projeto Mais Extensão, muito além de enriquecer o currículo acadêmicos de professores e alunos, segundo o governador do Maranhão, Flávio Dino, é poder ajudar ao próximo.

“É isso que vocês todos estão sendo convidados a exercitar nos projetos de extensão. É importante para vocês porque enriquece a carreira acadêmica e ensina, mas é importante para vocês, acima de tudo, porque é importante para os outros. É importante porque vocês estão servindo ao próximo e com, isso, se humanizando mais. O processo de aprendizado não pode ser um processo de desumanização, já dizia Max Weber”, sublinhou o governador.

Ele aconselhou ainda sobre a necessidade de as pessoas saírem da zona de conforto, como forma de não engessar o pensamento, o que acontece com quem participa do Mais Extensão.

“Todos nós, de algum modo, precisamos romper com nossa zona de conforto. É por isso que é muito importante valorizarmos esse programa de extensão da UEMA, pois ele sacode as estruturas mentais que vão se tornando rígida sem que notemos e, assim, quando percebermos, estamos vivendo um processo de ‘coisificação’ sem se dar conta,. Se transformando em uma mera mercadoria da sociedade de consumo, da indústria cultural, sem refletir sobre a grandiosidade de ser gente, de ser pessoa, de amar ao próximo”, concluiu.

Na cerimônia de abertura, estiveram presentes o secretário de estado da Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão, Davi Teles, o presidente do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC, Felipe de Holanda, o vice-reitor da UEMA, Walter Sant´Ana e o presidente da FAPEMA, Alex Oliveira.

Docentes e extensionistas do Mais Extensão da UEMA

Docentes e extensionistas do Mais Extensão da UEMA

Após a cerimônia de abertura, aconteceu a mesa redonda “extensão universitária e o desenvolvimento territorial”, moderada pelo coordenador do núcleo de extensão e desenvolvimento territorial- labex , professor Itaan de Jesus Pastor Santos e com participação do secretário adjunto de promoção do Índice de Desenvolvimento Humano e Participação Popular, Sr. Bruno Lacerda e da diretora científica da Fundação de Amparo À Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão – Fapema – senhora Silvane Magali.

Ao longo do Seminário serão realizadas palestra, sessões de comunicação oral, realização de oficinas e definição do escopo do novo edital do “Mais Extensão”.

Professores e alunos do MAIS EXTENSÃO da UEMA

Professores e alunos do MAIS EXTENSÃO da UEMA

Mais Extensão

O Programa Institucional Mais Extensão Universitária é uma iniciativa e realização da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis – PROEXAE/UEMA que lançou edital de abertura em dezembro de 2015. O Mais Extensão fomenta ações extensionistas da UEMA, desenvolvidas no período de julho de 2016 a janeiro de 2018, e visa a participação da comunidade acadêmica no desenvolvimento de projetos de extensão nos municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano – IDH do Maranhão.

Atualmente o Mais Extensão está sendo executado em 20 municípios de menor IDH, com 43 projetos coordenados por 42 professores e cerca 185 extensionistas.

Conta com a parceria da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude – SEEJUV; VALE; Fundação de Apoio ao Ensino Pesquisa e Extensão – FAPEAD; Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão – FAPEMA; Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular – SEDIHPOP e; Secretaria de Segurança.

Por: Walline Alves

Foto: Rafael Carvalho



Últimas Postagens - Array / noticias-uema