Avaliação CAPES: UEMA tem programas de pós-graduação em nível de excelência nacional


Por em 22 de setembro de 2017



Universidade Estadual do Maranhão obteve percentual de elevação de 27,2%, maior que a média nacional que foi de 22%

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, concluiu nesta semana a avaliação quadrienal dos programas brasileiros de pós-graduação.

Três cursos de Mestrado da UEMA obtiveram elevação em suas notas de avaliação. O Programa de Pós-Graduação em Defesa Sanitária Animal, que tem a coordenação do profº dr. Daniel Prazeres Chaves, passou do conceito 3 para 5, se tornando o único mestrado profissional da área, em todo o Brasil, a obter essa avaliação, que simboliza um nível de excelência nacional segundo a CAPES. O mestrado em Defesa Sanitária Animal tem apenas 5 anos de existência.

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, coordenado pela profª drª Alana Lislea de Sousa, avançou do conceito 3 para 4. Já o Mestrado em História, Ensino e Narrativas, que tem a coordenação da profª drª Monica Piccolo Almeida, também celebra a avaliação positiva da CAPES. Passou do conceito 3 para 4, mesmo sem ter completado o ciclo de 4 anos. Destaca-se que esse programa teve início há apenas 3 anos.

As notas 4 e 5, alcançadas por esses mestrados da UEMA, significam um desempenho entre bom e muito bom dos programas, de acordo com a CAPES. “A avaliação reconheceu a qualidade dos programas e essas notas obtidas habilitam a UEMA para um novo desafio, que são as propostas de doutorado em História, Ensino e Narrativas, Ciência Animal e Defesa Sanitária Animal, que serão submetidas ainda este ano”, ressalta o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Marcelo Cheche.

Os demais mestrados e doutorados autônomos da Instituição mantiveram as notas 3 e 4, já as redes que a UEMA integra mantiveram a nota 5 (PROFMAT) e 4 (BIONORTE), o que assegura que sustentam o padrão de qualidade exigido, frisa Cheche. Ele assinala ainda que é fundamental o destaque para atuação dos professores, em especial, e de todo corpo discente dos programas de pós-graduação da UEMA. “Esse resultado é meritocrático, expressivo e pode ser considerado como símbolo do compromisso e dedicação deles para com a educação em nível stricto sensu na Instituição”, diz.

De acordo com o professor Ricardo Chaves do Mestrado em Ciência Animal, o Maranhão é carente de doutores nessa área, tão logo, a aprovação e futura implantação de um Doutorado em Ciência Animal vai alavancar a área da Medicina Veterinária. “Esse doutorado será extremamente importante para o Estado, que é essencialmente agrícola e pecuário. O resultado positivo da CAPES nos alegra e nos traz uma responsabilidade muito grande”, disse.

Segundo dados da CAPES, nesta avaliação quadrienal, 22% dos programas de pós-graduação obtiveram elevação no Brasil. A UEMA destaca-se diante dessa realidade: o avanço dessa instituição foi de 27,2% de elevação dentre seus programas, ou seja, o crescimento figurou acima da média nacional.

A consolidação da política de pós-graduação na Universidade foi um dos fatores que fizeram com que esses resultados fossem alcançados, pontua o reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa. Ele diz ainda que contornar obstáculos e chegar ao nível que os programas chegaram é uma vitória magistral.

“É tempo de colheita, por isso devemos celebrar esse resultado. A UEMA toda está em festa. Vocês foram desbravadores e conseguiram mostrar que é possível fazer pós-graduação de qualidade. Esse resultado honra a UEMA, mas, sobretudo, o trabalho de cada professor e de cada aluno envolvido”, frisou.

Tem interesse em fazer uma pós-graduação? Conheça os cursos de pós-graduação da UEMA, aqui

Encontro

Gestores, professores e alunos dos programas de pós-graduação que obtiveram elevação em suas avaliações pela CAPES reuniram-se, na manhã desta sexta, 22, para celebrar e discutir o futuro dos programas que agora têm indicação para implantação dos doutorados em suas áreas.

Ao final do encontro, o prof. dr. Romário Cerqueira Leite, da Universidade Federal de Minas Gerais, ministrou a palestra “A experiência sobre o controle de carrapatos para as competições equestres dos jogos Pan-Americanos no Brasil”.

Avaliação Quadrienal

A Avaliação Quadrienal 2017 foi realizada por 1.550 consultores, que se reuniram no edifício-sede da CAPES, em Brasília de 3 de julho a 11 de agosto de 2017. Os consultores avaliaram os 4.175 programas e seus 6.303 cursos, sendo 3.398 de mestrado, 2.202 de doutorado e 703 de mestrado profissional.

As comissões utilizam como base para a avaliação as informações fornecidas de forma contínua pelos programas durante o período avaliado, por meio da Plataforma Sucupira. Ao início de cada ano, as informações referentes ao ano anterior são chanceladas pelos pró-reitores.

Por: Walline Alves

Atualizado às 15h31 do dia 22/09/2017



Últimas Postagens - Array / noticias-uema