UEMA implanta Programa de Pós-Graduação em Balsas


Por em 4 de setembro de 2017



WhatsApp Image 2017-09-04 at 10.23.28 (1)

O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Agricultura e Ambiente da UEMA, Roberto Sousa

Durante as atividades da Reitoria Itinerante ao Campus de Balsas, na semana passada, o reitor Gustavo Costa visitou o Programa de Pós-Graduação em Agricultura e Ambiente (PPGAA) da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), direcionado a profissionais graduados em Agronomia, Engenharia Florestal, Ciências Biológicas e áreas afins, que deu origem ao Curso de Mestrado em Agricultura e Meio Ambiente.

O Curso, que teve sua primeira turma iniciada recentemente, tem duração mínima de dezoito meses e, no máxima de 24 meses, e funciona nas instalações do Campus de Balsas e na Uema Sul, em Imperatriz.

De acordo com o coordenador do programa, José Roberto de Sousa, essa pós-graduação propõe a formação de profissionais que alcancem um entendimento pleno sobre a estrutura, o funcionamento e o manejo dos agroecossistemas do trópico úmido.

IMG_0350

A coordenadora de Pós-Graduação da UEMA, Rita Seabra, discute o assunto com alunos e professores de Balsas

“Além disso, a proposta do curso está direcionada para o fortalecimento da Universidade Estadual do Maranhão no seu compromisso com o desenvolvimento científico, tecnológico e social do estado. Atualmente, a UEMA aumenta sua integração com a sociedade e subsidia as políticas públicas, notadamente na área de agricultura”, disse Roberto.

O professor ainda esclareceu que o curso pretende preparar o aluno para integrar os conceitos e princípios de sustentabilidade no desenvolvimento de projetos e estudos que levem à identificação, à avaliação e à solução dos problemas gerados pelos conflitos entre os segmentos produtivos e ecológicos, compatibilizando a economia e a ecologia no contexto do desenvolvimento sustentável.

Roberto completa, explicando que o aluno terá durante o curso, quatro disciplinas obrigatórias, integralizando 13 créditos. Ele acrescenta que as disciplinas eletivas serão definidas de comum acordo entre o aluno e o professor-orientador, levando-se em consideração a afinidade com o objeto da pesquisa. “As disciplinas obrigatórias e eletivas deverão ser cursadas ao longo dos três primeiros semestres, sendo que no primeiro semestre, o aluno deverá se matricular também nas atividades de seminário e, no segundo semestre, ele deverá realizar a defesa do projeto de dissertação. Ao final do quarto semestre, deverá realizar a defesa da dissertação do mestrado”, conclui.

O Mestrado terá uma única área de concentração: Agricultura e Ambiente. No âmbito dessa área de concentração, reside o principal ponto de estrangulamento do desenvolvimento sustentável da região de atuação do curso: o antagonismo profundo entre a exploração das áreas agrícolas e a preservação das funções dos ecossistemas.

Texto: Alcindo Barros

Foto: Luís Paulo



Últimas Postagens - Array / noticias-uema