Pesquisadores e alunos da UEMA são contemplados no Prêmio FAPEMA 2017


Por em 7 de dezembro de 2017



ad7ff869cabbcaa7d5ace9e589b816f0_XLAconteceu na noite da última terça-feira (05), na sede da Federação das Indústrias do Maranhão (FIEMA), a solenidade de entrega do Prêmio FAPEMA 2017.

Desde o ano passado, o prêmio, que chega a sua 13ª edição, tem como tema uma personalidade maranhense que contribuiu para produção do conhecimento, para a formação de pessoas e para o estado. Este ano, o Prêmio FAPEMA homenageou o político e jornalista, Neiva Moreira, que se destacou por lutar pelas causas populares e realizar grandes projetos de cunho social e político.

O objetivo da premiação é reconhecer os trabalhos inovadores e relevantes para o progresso científico do Maranhão e, ainda, iniciativar empresariais ou pessoas que contribuíram para a preservação do conhecimento, com impactos e resultados para a sociedade.

Na oportunidade, o reitor da UEMA Gustavo Pereira da Costa destacou que o prêmio FAPEMA é a grande festa da pesquisa científica do estado do Maranhão. “O Prêmio já está no calendário das instituições, e este ano realiza uma justa homenagem ao jornalista e político, Neiva Moreira, comemorando seu centenário. O Governo do Estado por meio da FAPEMA, apresenta uma forma de reconhecer publicamente, o esforço da pesquisa das instituições, professores e estudantes que estão concorrendo as 11 categorias do Prêmio, isso deve ser como um grande incentivo para produção cientifica e para difusão desse conhecimento cientifico. Portanto, estou aqui para aplaudir nossos professores, alunos e a comunidade científica”.

IMG_7274A FAPEMA conferiu ainda a Honra ao Mérito Científico-Tecnológico pela contribuição na luta em prol do acesso à informação e na construção e defesa da democracia a seguintes personalidades: o jornalista, professor e secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco da Conceição Gonçalves; (in memorian), o médico, político, ex-prefeito e ex-governador, Jackson Kléper Lago; a jornalista e cofundadora da Agência Matraca de Notícias da Infância, Lisandra Nazaré Roma Assunção Leite; o líder sindical, Manoel Conceição Santos; e o jornalista diretor-presidente do grupo O Imparcial, Pedro Batista Freire.

A aluna do Curso de Medicina da UEMA, Lygia Silva Galeno, premiada na categoria Jovem Cientista destacou, “fui bolsista de iniciação científica durante 4 anos de graduação, então para mim, é uma felicidade muito grande ser reconhecida pelo trabalho desenvolvido na iniciação científica. O meu trabalho basicamente era com análise microbiológica de peixes, em que coletava peixes nas feiras livres e supermercados, analisava e procurava algumas bactérias patogênicas nesses peixes, depois verificava a sensibilidade frente aos antimicrobianos, que são antibióticos que nós gente usamos”.

A UEMA conquistou os prêmios nas categorias JOVEM CIENTISTA, com a pesquisadora Lygia Silva Galeno – Orientadora, Francisca Neide Costa e POPVÍDEO CIÊNCIAS, com Nayanne Santos De Oliveira.

Mais de 50 pesquisadores, entre sênior e júnior, receberam premiação em dinheiro, certificado e troféus pelo trabalho desenvolvido nas mais diversas áreas e que tem colocado o Maranhão em destaque no cenário nacional.

Por: Karla Almeida



Últimas Postagens - Array / noticias-uema