Programa de Assistência Estudantil: Estudantes dos campi Caxias e Timon contemplados com Auxílios assinam termos de compromisso


Por em 7 de março de 2018



IMG_20180305_191347501

Aconteceram nos campi Caxias e Timon, respectivamente, terça(5) e quarta-feira(6), solenidades de Assinatura do Termo de Compromisso do Programa de Assistência Estudantil da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) pelos alunos contemplados com os auxílios Creche, Moradia, Alimentação e Bolsa Permanência.

O Programa de Assistência Estudantil, que é coordenado pela Pró-Reitoria dIMG_20180306_170230050e Extensão e Assuntos Estudantis (PROEXAE),  trata de um conjunto de ações destinadas aos estudantes matriculados em cursos regulares presenciais de Graduação, visando a permanência e a melhoria do desempenho acadêmico.

A Assinatura do Termo marca o início da vigência dos referidos benefícios, então, a partir do mês de abril, esses estudantes passarão a receber bolsas nos valores de R$ 220 para Auxílio Alimentação, R$ 400 para Bolsa Permanência e R$ 200 para os Auxílio Creche e Auxílio Moradia.

Para o reitor Gustavo Costa, que esteve presente em ambas solenidades, a UEMA tem uma responsabilidade que vai além da formação profissional.

“A UEMA não tem só a responsabilidade de formar profissionais e gerar conhecimento, ela também tem uma responsabilidade social. A nossa Instituição tem a preocupação de assegurar a permanência dos alunos nos cursos que escolheram, minimizando algumas situações externas que podem levar à evasão ou a um baixo rendimento acadêmico. O termo de compromisso assinado pelos estudantes não é só um compromisso deles com a UEMA, mas da UEMA com eles!”, afirmou.

A coordenadora do Programa de Assistência Estudantil, Marília Martins, o momento é de consagração da política de assistência estudantil na universidade.

“A política de assistência estudantil da UEMA se consagrou a partir do momento em que implantou os auxíliosIMG_20180305_190253091 moradia, creche e alimentação (já tinha a Bolsa Permanência). Essa realidade, hoje, da universidade, vivenciada com as cotas e isenção no PAES, traz um novo perfil de alunos, que podem apresentar ou apresentam-se em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Este reitorado visualizou esse novo momento e trouxe para a instituição a possibilidade desses alunos de receber auxílio a fim de minimizar as condições adversas, garantindo a permanência deles na universidade”, ressaltou.

O estudante do 2º período do Curso de Letras – Campus Timon, José Ailton Alves Rodrigues, contemplado com o Auxílio Moradia, saiu da Cidade de Duque Bacelar do Maranhão para estudar em Timon, ficou contente por ter sido beneficiado.

“Eu gostei muito de saber do Programa e conseguir esse auxílio porque eu estou morando em uma cidade vizinha, em Teresina, e os meus pais não tem como enviar dinheiro todos os meses para que eu possa custear o aluguel”, comentou.

Já a estudante de Letras, Maria do Perpétuo Socorro, beneficiada com o Auxílio Creche, revelou o receio de ser difícil conseguir o auxílio.

“No começo, antes de eu ler o edital, achei que iria ser muito difícil, mas não foi. O Programa trouxe a oportunidade para as pessoas que estudam aqui, mas passam por algumas dificuldades, poder estudar com mais tranquilidade. Com o auxílio creche, eu terei como custear para alguém cuidar dos meus filhos enquanto eu estiver na Universidade”, disse.

Novos editais do Programa estão com lançamento previsto para o mês de agosto.

IMG_20180306_170450538

Sobre os auxílios:

Auxílio Moradia: para alunos cujas famílias residam em outro país, estado ou município;

Auxílio Alimentação: para complementar despesas com alimentação nos campi onde não exista restaurante universitário;

Auxílio Creche: exclusivamente para pagamento de despesas com creche, visando evitar a evasão acadêmica decorrente da maternidade;

Bolsa Permanência: na qual o estudante desenvolve atividades em um dos setores da UEMA, sob a supervisão de um professor.

IMG_20180306_171755115

Por: Débora Souza



Últimas Postagens - Array / noticias-uema