EaD UEMA recebe homenagem na Câmara dos Deputados


Por em 24 de abril de 2018



???????????????????????????????

Pioneira no estado na área do ensino a distância, a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) foi homenageada ontem (23), no Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília, pelo sucesso dos 20 anos formando maranhenses em EaD.  O convite partiu do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia, atendendo ao requerimento do deputado maranhense Hildo Rocha, que presidiu a Sessão Solene.

Marcaram presença na cerimônia o vice-reitor Walter Canales; a coordenadora geral do UEMANET, Ilka Serra; o diretor da Capes, Carlos Lenuzza; o secretário Nacional de Educação do MEC, Paulo Baroni; o ex-reitor da UEMA e deputado Estadual, César Pires; o presidente da ABED, Frederic Litto Fonseca; a diretora de Ensino a Distância do MEC, Graça Neri; a assessora do UEMANET, Eliza Flora; o professor Marcos Formiga, da UNB; professores, alunos, e convidados.

Para o vice-reitor Walter Canales, a homenagem concedida à UEMA no Congresso Nacional marcou um momento ???????????????????????????????histórico, tendo em vista o reconhecimento do trabalho da instituição na área da educação a distância. “Nós, que somos a universidade precursora no nordeste brasileiro em EaD, tivemos o primeiro credenciamento para realização de cursos a distância e somos a oitava universidade do Brasil a ter esse mérito. Portanto, nada mais justo do que estarmos aqui para receber esta homenagem. Parabéns o UEMANET e todos que fazem parte de sua equipe”, declara Walter.

Segundo o deputado Hildo Rocha, a UEMA é a universidade de maior importância para o povo maranhense, porque está instalada em todas as regiões do estado, formando milhares de pessoas nas modalidades presencial e a distância. “A EaD na UEMA é feita com excelente qualidade. Trabalham comigo alguns profissionais formados lá nessa modalidade de ensino, e eu posso afirmar que são profissionais aptos para  trabalhar em qualquer área, inclusive no serviço público”, afirma Hildo.

“Só temos a comemorar, porque são 20 anos de uma trajetória vitoriosa, um trabalho que possibilitou a democratização do conhecimento para muita gente. São mais de 40 mil pessoas graduadas pelo ensino a distância na UEMA, o que foi decisivo no papel da interiorização”. Com essas palavras a coordenadora geral do UEMANET, Ilka Serra, iniciou a solenidade de homenagem à UEMA no Plenário da Câmara dos Deputados ontem. Ela afirma que hoje, a universidade com o seu nohall na educação a distância, é reconhecida tanto nacional como internacionalmente, principalmente por conta dos cursos abertos.

O ex-reitor da UEMA, César Pires, também presente no evento, disse que a homenagem que a universidade recebeu na Câmara dos Deputados é o reflexo do sucesso de sua trajetória na educação a distância. “Era um sonho que tínhamos, quando, na época, detectamos o baixo índice de professores qualificados no Maranhão. A nível de terceiro grau, em 1996, tínhamos apenas 19% dos docentes na educação básica com nível superior. Baseados nessa estatística, criamos o magistério em 2001, que depois progrediu e chegou no UEMANET que estamos vendo hoje”, ressalta César.

O diretor de Educação a Distância da CAPES, Carlos Lenuzza, destacou o trabalho da UEMA, enfatizando o ???????????????????????????????relacionamento consolidado com a Capes, que pelo menos há 10 anos, a instituição iniciou a oferta do programa Universidade Aberta de Brasil que, segundo ele, é a maior oferta pública nessa área não só no Maranhão, mas em todo o país. “Ao longo desse tempo existe uma importante parceria entre a Capes e a UEMA para a formação de professores, lembra Lenuzza. E completou “Por tudo isso, só temos que parabenizar uma universidade pública que consegue há 20 anos manter de pé um projeto de educação a distância que é uma iniciativa vencedora, sem dúvidas”.

Histórico

Em 1998, a UEMA criou o Programa para formação de professores leigos que atuavam na rede de ensino público do estado. Assim, nascia o NEAD, que posteriormente veio a se transformar no UEMANET.

No começo, o acompanhamento dos alunos era feito através de uma central telefônica. As videoaulas eram gravadas em uma pequena salinha e eram geradas via satélite para as cidades do interior do Maranhão.

Em 2001, a EaD UEMA foi credenciada pelo MEC, sendo a 8ª do Brasil e primeira do Nordeste. O primeiro Bacharelado a distância da UEMA foi em Administração, através da Universidade Aberta do Brasil.

Hoje, a UEMA completa 20 anos disponibilizando cursos na modalidade a distância abrangendo três níveis de ensino: Técnico, Graduação e Pós-Graduação .

Texto: Alcindo Barros

 

 



Últimas Postagens - Array / noticias-uema