UEMA é habilitada pelo Ministério do Meio Ambiente a desenvolver o projeto “sala verde no Campus”


Por em 23 de maio de 2018



Sem título-2

Sala Verde é um espaço definido, vinculado a uma instituição pública ou privada, que poderá se dedicar a projetos, ações e programas educacionais voltados à questão ambiental. Deve cumprir um papel dinamizador, numa perspectiva articuladora e integradora, viabilizando iniciativas que propiciem uma efetiva participação dos diversos segmentos da sociedade na gestão ambiental, seguindo uma pauta de atuação permeada por ações educacionais, que caminhem em direção à sustentabilidade.

O projeto consiste no incentivo à implantação de espaços socioambientais para atuarem como potenciais Centros de Informação e Formação ambiental, cuja dimensão básica assenta na disponibilização e democratização da informação ambiental e a busca por maximizar as possibilidades dos materiais distribuídos, colaborando para a construção de um espaço, que além do acesso à informação, ofereça a possibilidade de reflexão e construção do pensamento/ação ambiental.

Cada Sala Verde é única, não há um padrão pré-definido ou um formato modelo para ela, ficando ao encargo de cada instituição configurá-la à sua maneira, levando em consideração a identidade institucional e o público com quem trabalha, dialogando suas potencialidades com as particularidades locais e regionais, devendo também procurar orientar as ações, através de um processo constante e continuado de construção, implementação, avaliação e revisão de seu Projeto Político Pedagógico (mais informações sobre o projeto aqui)

Desta forma, e diante do proposto, a Universidade Estadual do Maranhão se candidatou a chamada nº 01/2017 – Criação de novas Salas Verde, do referido projeto do MMA, estando habilitada pelo mesmo a partir de 18 de Maio de 2018, a desenvolver o projeto de Sala Verde da UEMA, denominado doravante de “Circuito Sala Verde no Campus”, que irá promover o diálogo entre os diferentes saberes produzidos pelas diversas atividades da academia. Além disso, irá contribuir diretamente com a formação no nível da graduação, visto que existirá um espaço para socializar o conhecimento entre o “Circuito Sala Verde no Campus”, os graduandos em processo de estágio em Ciências Biológicas e os alunos do ensino fundamental e médio.

Contudo, as parcerias nele presentes serão de várias ordens: internas e externas, nomeadamente, as internas contam com os Cursos de Ciências Biológicas UEMA, a Prefeitura de Campus, o Programa de Pós-Graduação em Recursos Aquáticos e Pesca (PPGRAP), a Pró-Reitora de Extensão e Assuntos Estudantis (PROEXAE), PIBEX e LABEX, a Cooperativa de Reciclagem de São Luís – COPRESL e a Fazenda Escola de São Luís. A parceria interinstitucional realizar-se-á com a Comissão interinstitucional de Educação Ambiental do Maranhão – CIEA/MA, a qual irá contribui com a formação continuada de docentes da Educação Básica e Superior, referente à Educação Ambiental para a Sustentabilidade articulada à gestão, currículo, espaço físico e relação com a comunidade.

Sobre o projeto

O Ministério do Meio Ambiente, por meio do Departamento de Educação Ambiental-DEA da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental (SAIC), de acordo com a Política Nacional de Educação Ambiental e as diretrizes do Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA) lançou a chamada publica para uma nova seleção de instituições, com atividades e projetos de educação ambiental não-formal, que pretendam participar do Projeto Salas Verdes.

Este projeto foi instituído no ano 2000, com o objetivo de atender às demandas de inúmeras instituições que buscavam no Ministério do Meio Ambiente, publicações para subsidiar suas ações de Educação Ambiental. Foi inicialmente concebido com foco na criação de bibliotecas verdes que estes espaços poderiam assumir, e a partir do desenvolvimento e da evolução do projeto, as Salas Verdes adquiriram a dimensão de espaços com múltiplas potencialidades, pois além da disponibilização e democratização do acesso à informação, nelas se podem desenvolver atividades diversas de educação ambiental como: cursos, palestras, oficinas, eventos, encontros, reuniões, campanhas.



Últimas Postagens - Array / noticias-uema