Avanços na obra do novo prédio dos Cursos de Física e Matemática no Campus Paulo VI


Por em 19 de junho de 2018



construção física e matemáticaA obra do novo prédio dos Cursos de Física e Matemática da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) Campus Paulo VI está em pleno desenvolvimento.

Com investimentos de mais de 8 milhões do Governo do Estado do Maranhão, o projeto, além de beneficiar os alunos e professores dos cursos de Física e Matemática, também contribuirá para os cursos de Engenharia, no que se refere ao uso dos laboratórios.

Desde o início da obra, no mês de novembro do ano passado, já foram feitas a sondagem, terraplanagem, locação, fundação e a laje do primeiro pavimento.

“A execução da obra se encontra em um ritmo bem frenético, caminhando para o 7° mês de obras (previsto 12 meses). Podemos destacar a infraestrutura que está 100% concluída, a superestrutura está com 65% das etapas realizadas, alvenaria de vedação está com 55% executada, já foram iniciados os serviços de revestimento interno e externo, além do sistema de drenagem pluvial urbana e de edificações. Os serviços de instalações elétrica, sanitárias e hidráulicas também estão em execução”, explicou o representante da empresa Referência Engenharia (responsável pela obra), Fernando Cairo.

O novo prédio terá 3.731, 73 m² de área construída, com 10 salas de aula, Laboratório de Informática, Laboratórios de Ensino e Pesquisa para Matemática, Laboratório de Pesquisa Aplicada (Matemática), sala do PROFMAT, 4 salas de pesquisa para Física, 3 Laboratórios de Física, coordenações e direções dos cursos, banheiros (incluindo banheiros PCD), rampas para deficientes, diretórios acadêmicos, salas de reunião, salas de estudo, salas de pró-graduação, cantina e área de vivência.construção física e matemática (3)

Atualmente, os cursos de Matemática e Física funcionam no antigo prédio do Curso de Arquitetura herdado após a transferência deste último para o Centro Histórico.

O chefe do Departamento de Matemática, Josenilton Gonçalves Diniz, reconhece a insuficiência de espaço da atual instalação.

“Esse prédio não é mais suficiente porque ficou pequeno demais para quantidade de alunos e professores, mas como temos uma medida definitiva para a otimização de espaço com a conclusão do novo prédio, isso nos tranquiliza. Registro que a gestão superior fez o que pôde por nós já que o clamor por um espaço nosso é antigo”, afirmou.

De acordo com o vice-reitor Walter Canales, a nova estrutura irá superar a atual em relação ao espaço para desenvolvimento das atividades acadêmicas.

construção física e matemática (1)“O prédio atual tem em torno de mil metros quadrados de área, com salas pequenas, já a nova instalação será praticamente quatro vezes maior! Haverá mais salas de aulas, laboratórios, salas de pesquisa e outros setores que irão prover condições adequadas para alunos e professores poderem realizar suas atividades”, afirmou.

Enquanto está sendo concluída a nova instalação, o vice-reitor disse que a estrutura atual continuará recebendo serviços de manutenção, melhorias no Laboratório de Informática e, no caso de equipamentos de ar condicionado com problemas, serão feitos consertos.

“Antes da gestão atual, tínhamos goteiras no prédio, mas isso foi resolvido pela nova equipe da Prefeitura de Campus, que trocou o telhado. Também houve conserto de ar condicionado, motores, melhorando a climatização. Como nosso prédio é baixo em relação ao nível do terreno, estava vulnerável à infiltração no período chuvoso, mas foi resolvido com a construção de uma contenção de concreto ao redor do prédio”, comentou Josenilton Gonçalves.

A previsão para conclusão da obra é novembro deste ano.

construção física e matemática (10)

Projeto do novo prédio

construção física e matemática (9)

Projeto do novo prédio

Por Débora Souza

Fotos: Rafael Carvalho



Últimas Postagens - Array / noticias-uema