O governador e o reitor da UEMA inauguram Biblioteca e visitam obras do Campus São Bento


Por em 2 de julho de 2018



foto 2O governador Flávio Dino, acompanhado do reitor Gustavo Pereira da Costa inaugurou, na última sexta-feira (29), o primeiro prédio, onde funcionarão a Biblioteca e o setor administrativo do novo Campus da Universidade Estadual do Maranhão em São Bento, no mesmo local da antiga Fazenda Escola.

De acordo com Dino, a UEMA vive um processo de expansão de grande importância, e o Governo tem apoiado esse processo com a nomeação de mais de 100 professores para os vários Campi da instituição. Ele disse que também tem apoiado o processo de ampliação de novas vagas, a construção de novos prédios não só em São Luís, como em outras unidades da UEMA. “Aqui nós temos uma grande estrutura em fase de implantação. Inauguramos hoje o primeiro bloco, vamos ter os primeiros cursos funcionando agora no começo de 2019 com vestibular já ocorrendo ainda este ano e, com certeza, esse processo de expansão contínuo, vai prosseguir até que nós tenhamosfoto 4 cerca de 3 mil alunos neste Campus de São Bento e, com isso, muitas oportunidades para os jovens estudantes da região”, disse.

Conforme explicou o reitor Gustavo Costa, o Campus de São Bento vai atender toda a baixada maranhense, inclusive, com a entrada dos alunos prevista para o ano que vem, com a implantação de cursos na área de gestão ambiental, tecnologia de alimentos, fruticultura, computação e de serviços públicos.

“Nosso propósito é consolidar a presença da Universidade Estadual do Maranhão na baixada maranhense, a partir do município de São Bento, onde nós já tínhamos uma Fazendo Escola experimental de pesquisa, e, agora, um Campus com investimentos na ordem de 11 milhões e 500 mil reais, de grande estrutura, que vai oferecer as melhores condições de salas de aula, auditório, laboratórios, alojamentos e biblioteca para nossos estudantes”, disse o reitor. E acrescentou: “É uma grande iniciativa do Governo do Estado, por meio da UEMA, o que consolida um processo de expansão racional, inteligente e propositivo da nossa universidade”, declarou o professor Gustavo.foto 3

Já a diretora do CCA, Francisca Neide Costa, esclarece que o Campus da UEMA na baixada é de grande relevância para as ciências agrárias. “Com o apoio de infraestrutura de laboratórios, alojamentos para alunos e professores, além de um Centro de Convenções para realização de eventos, teremos melhores condições para realização das pesquisas que já são realizadas pelos docentes naquela região, sem falar nas atividades de extensão e treinamentos para a comunidade local e dos demais  municípios próximos”, informa Neide. Ela ressalta que o CCA  dará o apoio necessário e fará a gestão dos cursos  que serão   implantados a partir   do segundo semestre de 2019.

Estrutura do Campusfoto 8

O complexo de 7 prédios, possui uma Biblioteca com setor administrativo; um Auditório para 268 pessoas; um Pavilhão com 10 salas de aula, 5 salas administrativas; mais um Pavilhão com 4 laboratórios; um Alojamento para professores com 6 apartamentos e 1 sala administrativa; um Alojamento para estudantes, com 2 dormitórios coletivos; um Laboratório de alimentos, com 4 salas de aula e 1 laboratório de alimentos.

Participaram também da solenidade, o vice-reitor Walter Canales, os pró-reitores Roberto Serra (PROPLAN), Gilson Mendonsa (PRA), Marcelo Cheche (PPG), Andréa de Araújo (PROG), assim como professores, assessores, alunos e convidados

Texto: Alcindo Barros



Últimas Postagens - Array / noticias-uema