Graduandos de Ciências Biológicas e artistas realizam exposição em comemoração aos 15 anos do Curso


Por em 15 de outubro de 2018



Em comemoração aos 15 anos do curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Maranhão, graduandos, cientistas e artistas plásticos realizarão a exposição “Diálogos entre Arte e Ciência”. A mostra visa debater com a sociedade a ideia de que Arte e Ciência sempre se interpenetraram, com os chamados “atos de criação”, visto que tanto o artista quanto o cientista criam.

Serão expostos 150 trabalhos de artistas plásticos, cientistas e graduandos do Curso de Ciências Biológicas. Os desenhos científicos dos estudantes de Ciências Biológicas mostram detalhes da anatomia e características diagnósticas de vários organismos, tais como moluscos (polvo, lula, conchas de gastrópodes, turus e outros bivalves), crustáceos (caranguejo, camarão, siris, paguros), anelídeos (minhocas, sanguessugas, poliquetas) e peixes (tubarões, arraias, entre outros). Os desenhos artísticos apresentam a dimensão do imaginário e da cultura que envolve alguns desses organismos, em especial dos peixes.

A observação desses trabalhos científicos e artísticos mostra que “enquanto as ciências falam do particular para o geral, as artes falam do universal para o particular e podem capacitar as pessoas para se sentirem parte da humanidade”, explica a artista plástica e organizadora da mostra, Raimunda Fortes. “Como professora de Arte (com formação em Educação Artística – Artes Plásticas) e de Zoologia (com formação em Ciências – Biologia) sempre me interessei por entender as características da atividade criativa comum a essas duas áreas do conhecimento, bem como aproveitar essa interface para ensinar Ciência de forma mais significativa, envolvendo uma ampla contextualização”, comenta Raimunda Fortes.

Os graduandos do curso, juntamente com os artistas Binho Dushinka e Raimunda Fortes, estão debatendo o fato de que as relações entre Arte e divulgação científica são estabelecidas quando as diferentes manifestações artísticas são utilizadas para comunicar conceitos científicos de forma didática. Essa relação é uma grande aliada, especialmente, porque pode transmitir os resultados da pesquisa para a comunidade de forma mais interessante e acessível, pois a Arte é superior ao texto para poder mostrar de forma mais significativa a multidimensionalidade da experiência humana. Nesse contexto, a mostra “Diálogos entre Arte e Ciência” poderá contribuir com o debate de que a Arte pode desenvolver a imaginação científica, constituindo-se em uma estratégia poderosa tanto para disseminar conceitos científicos como para promover o reconhecimento de resultados de pesquisa em campos muito variados.

O Curso de Ciências Biológicas

O Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Maranhão é um dos poucos do Brasil, na modalidade Licenciatura, que recebeu duas vezes o Selo de Qualidade de Curso de Ciências Biológicas conferido pelo Conselho Federal de Biologia. Além disso, o curso foi laureado com cinco estrelas no Guia do Estudante (publicação nacional da editora Abril) em 2017. O objetivo do CCB/UEMA é formar professores qualificados em Ciências Biológicas para atuarem na Educação Básica com amplo conhecimento científico e pedagógico capazes de intervir criticamente na realidade ambiental, social, econômica e cultural.

Serviço

Exposição: “Diálogos entre Arte e Ciência”

Local: Espaço Nauro Machado do Centro de Criatividade Odylo Costa filho, Centro Histórico de São Luís-MA

Abertura: dia 16 de outubro de 2018, às 16h

Período de visitação: 16 a 31 de outubro de 2018



Últimas Postagens - Array / noticias-uema