IV InterMed Nordeste 2018 é realizado em Caxias com apoio da UEMA


Por em 21 de novembro de 2018



DSC07458

Entre os dias 15 e 18 de novembro Caxias sediou as atividades referentes ao IV Intermed Nordeste 2018, um evento de caráter esportivo e sua proposta é contribuir de maneira relevante para o enriquecimento cultural e esportivo da classe médico-acadêmica da Região Nordeste. Durante os quatro anos em que vem sendo realizado tem sido considerado o maior evento nordestino e um dos maiores do Brasil em sua categoria. Em 2018 ele foi organizado pela AAAM (Associação Atlética Acadêmica de Medicina) Cangaceira, da UEMA (Universidade Estadual do Maranhão), presidido por Lucas Gabriel Guimarães e pela produtora Octop, de São Luís. O apoio foi da UEMA e Prefeitura Municipal de Caxias, que disponibilizaram alojamentos para os participantes.

A primeira edição do Intermed ocorreu no ano de 2015, em Teresina; em 2016 a cidade escolhida foi São Luís e em 2017 Luís Correia, no Piauí, recebeu os acadêmicos.

DSC07462

Giuliano Rocha Velozo, acadêmico da UEMA e coordenador do evento, falou sobre os visitantes: ”Cerca de 2030 pessoas participam. São estudantes de 25 faculdades de Medicina do Nordeste inscritos em várias modalidades: vôlei; futsal, basquete, natação, tênis de mesa, etc. Queremos integrar todos através dos jogos e nas disputas de baterias de torcidas. É um prazer estar aqui. Estamos batendo recorde de público e de estrutura. Que o IV Intermed seja uma válvula de escape para todos nós”.

Na abertura das competições, feita no Ginásio Poliesportivo João Castelo, o Presidente da Liga Nordeste do Intermed, João Augusto Amorim disse: “Esse evento cresce a cada ano. Desejo sorte a todos e que se respeitem dentro e fora das quadras”.

A Diretora do Campus Caxias, Profª Dra. Valéria Cristina, também se pronunciou: “Cumprimento a todos os presentes, os acadêmicos e organizadores. O nosso curso foi fundado em 2002 e já formou mais de 300 alunos. Parabenizo os que tiveram essa iniciativa de confraternização acadêmica. O Reitor Gustavo Costa manda um abraço a todos. E podem contar conosco”.

DSC07422

A Diretora do Curso de Medicina do Campus Caxias, Profª Dra. Rose Marie de Jesus Gomes, falou: “Cumprimento a mesa e os alunos, futuros colegas. É emocionante estar com vocês, sinto alegria e prazer. Com o coração jovem, participo desse momento. Caxias é acolhedora. Sejam bem vindos, esse é um momento ímpar”.

Além do Ginásio João Castelo, outros foram disponibilizados para as competições: os Ginásios Poliesportivos Mundico Santos e Mauro Sérgio Costa Assunção (Serginho).

Os times das instituições eram denominados como “Atléticas” e as torcidas levavam bandeiras com os respectivos símbolos. A Atlética “Carranca”, por exemplo, representava a UNIVASF (Universidade do Vale do São Francisco, de Petrolina, Pernambuco e a Atlética “Carcará” representou a UFPI (Universidade Federal do Piauí).

A estudante Suzana Bastos, da Atlética “Macabra”, do IESVAP (Instituto de Educação Superior do Vale do Parnaíba), falou da proximidade com os colegas de outros estados: “A importância desse encontro é a integração dos participantes. Todos os dias enfrentamos uma competição, e aqui vemos um intercâmbio, uns conhecendo os outros através do esporte e da alegria”.

DSC07429

Rodrigo Augusto, jogador de futebol de salão pela UNIVASF, disse estar empolgado: “É a primeira vez que participo, diferente de meus colegas de faculdade, mas estou confiante. Também é a primeira vez que venho ao Maranhão. Quero aproveitar esses dias”.

Na área externa do Ginásio João Castelo os acadêmicos puderam lanchar, se divertir com música ao vivo e eletrônica e ensaiar as baterias para a competição realizada no último dia. O IV Intermed não era aberto ao público. Somente quem possuía crachá fornecido pela organização tinha permissão para entrar nos locais de jogos.

No domingo à noite foram divulgados os resultados das competições para as divisões de acesso, geral e das baterias.

Divisão de acesso:

1º lugar- Selvagem

2º lugar – Venenosa

3º lugar – Esparta( Juazeiro do Norte, Ceará)

Geral:

1º lugar – Canibal

2º lugar – Fúria

3º lugar – Matraca(São Luís)

 

Baterias

1º lugar – Matraca

2º lugar – Carcará (UFPI)

3º lugar –  Canibal.

Giuliano Velozo falou da experiência como coordenador: “Foi cansativa, mas produtiva. As equipes aumentaram o nível e a meta do evento foi atingida: integrar, promover a união entre os acadêmicos. É um exercício de administração; é a primeira vez que fico à frente de algo desse tipo. Um grande aprendizado”.

Por Emanuel Pereira



Últimas Postagens - Array / noticias-uema