Castramóvel: Centro Cirúrgico Móvel é entregue à UEMA para implantação de programa de esterilização de cães e gatos

entrega do castramóvelNa terça-feira (17), foi entregue à Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) o Centro Cirúrgico Móvel (Castramóvel), adquirido por meio de emenda parlamentar do deputado federal Victor Mendes, que cumpriu compromisso assumido com a Associação Maranhense em Defesa dos Animais (AMADA) e outras entidades protetoras de animais.

A entrega do Castramóvel é o primeiro passo para a implantação de um programa de esterilização de cães e gatos com o objetivo de diminuir a população de cães e gatos abandonados na Ilha de São Luís.

O reitor Gustavo Costa apontou o esforço e articulação de vários setores da sociedade para concretização dessa aquisição em prol da saúde dos animais e das pessoas.“É um novo equipamento de trabalho que será utilizado pelos nossos professores e professoras da Medicina Veterinária na perspectiva de somar esforços ao poder público municipal, ao Ministério Público, aos parlamentos federal e estadual para uma grande mobilização em favor da promoção do bem estar animal e humano”, disse.

Já o deputado Victor Mendes revelou seu contentamento em atender aos anseios da sociedade, pleiteados pela AMADA e outros órgãos de proteção dos animais.

“Ressalto que a iniciativa veio da sociedade civil  que, através dos movimentos organizados, fez esse pleito junto a mim. O esforço de todos os atores envolvidos foi decisivo para vencer os entraves burocráticos para que isso se concretizasse. Hoje, tratar sobre os animais é uma questão de saúde pública, social e sentimental, que está muito forte em todo país e aqui no Maranhão não é diferente, então eu fico com a sensação de dever cumprido”, comentou.

A AMADA, pelo histórico de atividades feitas em parceria com a UEMA, escolheu a IES como cessionária do Castramóvel.

“A AMADA e os protetores dos animais escolheram o Hospital Veterinário porque  é o lugar que já tem a mão-de-obra qualificada, além disso a AMADA sempre teve em parceria com a UEMA em eventos de castração, mutirões, então nosso foco foi em virtude desse histórico”, esclareceu o presidente da AMADA, Leandro Alvim.

“O Castramóvel vai ser um programa implantado pelo Hospital Veterinário onde serão feitos atendimentos nos bairros da periferia. As pessoas que não podem pagar pelo procedimento serão cadastradas previamente, depois será feita uma seleção para castração dos animais. O cadastro prévio, provavelmente, será no próprio hospital veterinário”, explicou a diretora do Centro de Ciências Agrárias (CCA) e presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária, Francisca Neide.

Para o diretor do Hospital Veterinário Universitário da UEMA, José Arnodson Campelo, a credibilidade do trabalho desenvolvido pelos profissionais do Hospital têm sido um diferencial no atendimento à comunidade.

“A sociedade maranhense sabe que o Hospital Veterinário vem crescendo e despontando em cumprir sua missão que é atender a sociedade, tanto é verdade que temos 9 projetos de atendimento à comunidade carente. O Castramóvel é mais um que vai somar. Nele serão efetuadas castrações, dentro dos limites, já que temos duas mesas cirúrgicas, mas pretendemos montar eventos com vacinação e consulta, contando com os profissionais do Curso de Medicina Veterinária”, esclareceu.

O Centro Cirúrgico Móvel tem sala de Tricotomia, Centro Cirúrgico com duas mesas cirúrgicas e uma maca; e sala de Pós Cirúrgico.

autoridades e gestores

 

autoridades e castramóvel

 

castramóvel

Por Débora Souza

Fotos: Rafaela Mendes

Compartilhar.