Conselhos Superiores da UEMA discutem pauta importante para a instituição


Por em 21 de março de 2019



IMG_0147 (1)Hoje e amanhã, no Campus Paulo VI, serão discutidos e homologados pelos Conselhos Superiores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), assuntos de extrema relevância para o desenvolvimento da instituição.

O Conselho de Administração (CAD) e o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), reunidos no dia de hoje, debatem uma extensa pauta de assuntos, entre eles, a Unificação dos Departamentos de Engenharia das Construções e Estruturas (DECE); de Hidráulica e Saneamento (DHS); de Expressões Gráficas e Transportes (DEGET); a Criação dos Departamentos de Engenharia da Produção (DEPRO), de Engenharia da Computação (DECOMP); e o projeto do Curso de Pós-Graduação Strictu Sensu Mestrado em Engenharia Aeroespacial (Rede Nordeste Aeroespacial), do Centro de Ciências Tecnológicas.

Ainda nesta quinta-feira, os conselheiros apreciam o projeto que visa a Renovação da quantidade e o valor despendido com a bolsa de Mestrado e/ou Doutorado, a Proposta que dispõe sobre a revalidação de diplomas de graduação e o reconhecimento de diplomas de pós-graduação stricto Sensu expedidos por instituições estrangeiras de ensino superior, o curso de Pós-Graduação Strictu Sensu Mestrado em Educação Inclusiva (REDE), do Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais (CECEN), e o Projeto do curso de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de História (PROFHISTÓRIA), do Centro de Estudos Superiores de Caxias.

Na avaliação do reitor Gustavo Costa, a reunião dos Conselhos Superiores é muito proveitosa para o bom funcionamento da universidade, tendo em vista uma importante pauta de discussão com várias normas. “Eu vou dar destaque a aprovação do Plano anual de Auditoria Interna da UEMA, mecanismo de controle de transparência importante para a gestão pública na instituição; as Normas que dizem respeito à Progressão da Carreira Docente, e a Promoção e desenvolvimento da carreira para efeito de estágio probatório da carreira docente”, relata o professor.  E continua: “Vamos, também, discutir as alterações em algumas normas que dizem respeito à revalidação e reconhecimento de diplomas estrangeiros”.

Segundo ele, essas são matéria de natureza administrativa, que mostram a “nossa capacidade institucional de aprimorar as atividades na medida em que as circunstâncias vão exigindo uma atuação mais efetiva de maior qualidade na UEMA”.

O professor Josimar Porto, diretor do Campus de Santa Inês, ao falar da atuação dos Conselhos Superiores da UEMA, disse: “Considero positivamente a nossa participação nas reuniões enquanto conselheiros e verdadeiros legisladores das normas acadêmicas da UEMA. Essas reuniões realizadas aqui na universidade são determinantes e é um fator importante para o desenvolvimento institucional da universidade”, descreve Josemar.

Para o diretor do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), Fernando Lima, a reunião dos Conselhos se realiza pela necessidade da atualização de normas e resoluções em defesa da melhoria do funcionamento da universidade, na parte administrativa e, ainda, nas atividades fim, que são os cursos de graduação. “Neste sentido, a reunião dos gestores acontece para fazer esse diagnóstico e proposições daquilo que precisa ser corrigido, levando em consideração as necessidades que são constantes dentro da academia”, declara Fernando.

Amanhã, será a vez do Conselho Universitário (CONSUN). Na oportunidade, serão aprovados os projetos e proposições, considerados de grande relevância para a instituição.

Texto: Alcindo Barros

Foto: Edson Ferreira



Últimas Postagens - Array / noticias-uema