Primeira Consulta Pública do Zoneamento Agropecuário é realizada em Balsas


Por em 22 de março de 2019



Imagem1

Na mesa da direita para a esquerda: Sérgio Delmiro (secretário adjunto da SAGRIMA), Jucivan Ribeiro Lopes (NUGEO/UEMA) e Carlos Márcio Elói (NUGEO/UEMA).

Foi realizada na última quarta-feira (20), no Sindicato dos Produtores Rurais de Balsas (SINDIBALSAS), a primeira Consulta Pública do Zoneamento Agropecuário do Estado do Maranhão (ZAMA). As consultas têm por objetivo coletar informações para serem incorporadas ao documento final do zoneamento. O Zoneamento Agropecuário é o resultado da Parceria firmada entre a SAGRIMA e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), com realização do Núcleo Geoambiental (NUGEO).

 O ZAMA tem abrangência estadual, entretanto, para que a variabilidade climática (chuvas) ao longo do Estado fossem melhor representada, foram adotadas as Regiões Homogêneas de Chuva, definidas no trabalho de tese de doutorado do professor Ronaldo Nascimento de Menezes, do Departamento de Engenharia Agrícola, do Centro de Ciências Agrárias da UEMA. Nesse trabalho, o professor Ronaldo constatou a existência de 10 regiões com padrões de chuvas diferentes entre si, sendo denominadas de Regiões Homogêneas de Chuva.

Foi com base nessa regionalização, que o ZAMA foi desenvolvido. Esse fato possibilita, dentre outras coisas, apoiar as políticas públicas estaduais para a agricultura com base na elaboração, por exemplo, de calendários agrícolas refinados para o Maranhão. Espera-se que com a adoção dos resultados deste zoneamento tenha-se melhor aplicação dos recursos investidos e menores riscos de perdas das safras agrícolas, ou seja, melhorias na economia estadual.

 Na Consulta Pública em Balsas, estiveram representando a UEMA, os técnicos pesquisadores do NUGEO, o engenheiro agrônomo e gerente do NUGEO, Jucivan Ribeiro Lopes e o meteorologista Carlos Márcio de Aquino Elói, os quais acompanharam o secretário adjunto da SAGRIMA, Sérgio Delmiro.

 A participação do NUGEO nas audiências públicas está prevista no acordo de cooperação. Ao todo serão realizadas 5 Consultas Públicas, distribuídas ao longo do Estado, cujas sedes são: Balsas, Chapadinha, Arari, Imperatriz e São Luís. Após as consultas e colhidas as contribuições o documento final será consolidado para ser entregue ao Governo do Maranhão.

 

 



Últimas Postagens - Array / noticias-uema