Reitor da UEMA integra comitiva da ABRUEM em reunião na SERES-MEC

IMG-20190314-WA0017Ontem (13), em Brasília, uma comissão de reitores da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM), da qual fez parte o reitor da UEMA, Gustavo Costa, foi recebida em audiência no Ministério da Educação (MEC).

A audiência ocorreu na Secretaria de Regulação e Supervisor da Educação Superior (SERES), do Ministério e foi conduzida pelo diretor de Política Regulatória, Marcos Heleno Oliveira, e pela diretora de Supervisão da Educação Superior, Leililene Antunes Soares.

A SERES trabalha a elevação da qualidade do ensino, por meio do estabelecimento de diretrizes para a expansão e a avaliação de qualidade de cursos e instituições. A atual gestão do MEC defende a desburocratização e a redução da intervenção do estado na direção da auto-regulação.

Na ocasião, os reitores apresentaram o alcance das universidades estaduais em termos de matrículas na graduação e pós-graduação no país, além da forte característica de alcançar o interior dos estados. Reivindicaram, principalmente, a garantia da participação nos editais e na elaboração das normas de regulação da educação superior, que tradicionalmente são de exclusiva abrangência das federais. E, por fim, chamaram atenção para o risco da auto-regulação de mercado para a qualidade nas instituições públicas.

O reitor da UEMA, Gustavo Costa, ao fazer uso da palavra, apontou algumas distorções na legislação educacional que prejudicam as estaduais e, que, segundo ele, as impedem de avançar na sua missão, além dos obstáculos para a integração das instituições estaduais no sistema nacional de educação. E completou: “As universidades estaduais não podem continuar a ser invisíveis para o MEC, representamos juntos 40% do total das matrículas públicas em cursos de graduação e 45% em mestrados e doutorados. Não queremos só participar, queremos ser reconhecidos como parte do sistema”.

 

Compartilhar.