Professora da UEMA ministra minicurso sobre compostagem na PGJ


Por em 24 de abril de 2019



Professora_UemaA professora e coordenadora de Extensão da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Ariadne Enes Rocha ministrou um minicurso para os membros e servidores do Ministério Público do Maranhão sobre compostagem. O evento faz parte do projeto Café Sustentável do Programa Integrar, desenvolvido pelo Ministério Público do Maranhão.

A professora Ariadne Enes Rocha explicou primeiramente o conceito de compostagem que é a reutilização de resíduos orgânicos para a produção de adubo. Ela acrescentou que o material produzido pode ser utilizado na fertilização de jardins e de canteiros destinados à produção de mudas, hortaliças e plantas frutíferas em geral.

“Além disso, a compostagem evita o lançamento de resíduos sólidos orgânicos em lixões e aterros. Outra vantagem do procedimento é o baixo custo operacional”, afirmou a professora.

Além disso, ela apresentou diversos modelos de estruturas para o processo de compostagem, que podem ser montadas em uma casa ou apartamento e comentou que o procedimento quando possui uma quantidade equilibrada e adequada de materiais orgânicos não produz mau cheiro, podendo ser feito em qualquer espaço.

O projeto Café Sustentável, lançado em março deste ano, é realizado pelo Ministério Público do Maranhão em parceria com a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

O objetivo é promover entre membros, servidores e terceirizados da instituição a reutilização e compostagem da borra de café, contribuindo para a preservação do meio ambiente e a racionalização dos recursos públicos.

Ariadne Rocha lembrou, ainda, que para a compostagem dar resultado é imprescindível a irrigação periódica.

FONTE: CCOM-MPMA



Últimas Postagens - Array / noticias-uema