Mestrando do Programa Ciência Animal participa de estágio na Universidad Del Quindío, da Colômbia.

IMG-20190906-WA0030O acadêmico Fábio Henrique de Souza Cardoso do Programa Ciência Animal da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), orientando da professora Claudene Barros, participou de um estágio na Colômbia, onde desenvolveu atividades referentes ao Mestrado.

Faço minha Pós-graduação na UEMA em São Luís, no Programa de Ciência Animal, e tive a oportunidade, como aluno de mestrado, de concorrer ao edital nº 015/2018 – ESTÁGIO INTERNACIONAL – BEXT-EXT da FAPEMA.  (Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão) para um estágio internacional, e fui contemplado. Como consequência, viajei para a Colômbia, onde fiquei por 60 dias, ficando na cidade de  Armênia, em estágio na Universidad del Quindío. Este estágio oportunizou-me uma grande experiência, onde aprendi junto ao tutor/orientador e estudantes de Graduação e Mestrado daquela instituição de ensino superior, ” ressalta o acadêmico.

Durante o tempo em que esteve na Colômbia, o mestrando fez revisões taxonômicas de espécies de morcegos dos gêneros Rhinophylla e Artibeus. Foram realizadas análises craniométricas e de morfologia externa, com verificações de variação a partir desses caracteres. O professor Hugo Mantilla-Meluk foi seu tutor/orientador na Universidad del Quindío. Ele é o curador da coleção de mamíferos da Universidade.

Após a experiência fora do Brasil, a percepção do aluno é outra: “Minha visão como pesquisador e profissional mudou bastante. Este estágio oportunizou-me a ampliação dos conhecimentos sobre a diversidade de morcegos e a entender que se faz necessário, antes de buscar a identificação das espécies, saber a sua história”, conclui o mestrando.

Para concluir o Mestrado em São Luís, Fábio aguarda a qualificação e a defesa final, o que acontecerá no corrente ano. Ele pretende compartilhar seu trabalho, divulgando através de mesas redondas e artigos científicos.

O universitário graduou-se em Caxias e hoje integra a equipe do Laboratório de Genética e Biologia Molecular do CESC/UEMA (GENBIMOL), coordenado pelos professores Claudene Barros e Elmary Fraga.

 Por Emanuel Pereira.

Compartilhar.