Mais de 2.500 crianças de escolas públicas e particulares participam das atividades do Projeto Criança Engenharia

DSC_0518Com o intuito de estimular a convivência e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, além de ações de sustentabilidade, por meio de oficinas socioeducativas e culturais com um diferencial de articulação integrada, a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) realizou, durante todo o dia de hoje (11), no Campus Paulo VI, a V edição do projeto “Criança Engenharia”, coordenado por professores do Curso de Engenharia da Computação.

O evento acolhe crianças de instituições de ensino público e privado, bem como estudantes com necessidades educacionais específicas, visando promover a produção de saberes acerca de novas tecnologias interagindo com a comunidade, por meio de oficinas socioeducacionais inclusivas e culturais no Campus Paulo VI.

Mais de 2500 crianças passaram pelo Campus Paulo VI e puderam conhecer os projetos desenvolvidos pelos cursos da UEMA, Fazenda Escola, dançar com a turma do Mateus Kids e  abraçar os cosplayers de seus super-heróis e personagens de contos de fada favoritos.

As atividades foram distribuídas em: Trilhas Agroecológicas e de Borboleta; Espaço Invenções (Nutenge) – Projeto Bumba Meu Baja, Aerodesign Equipe Zeus, Oficina de Artes; Espaço Invenções Tecnológica – Oficinas de Robótica, Oficinas de Jogos Digitais, Projeto Observatório (OBAFIS); Espaço Poesia (Gestão Ambiental) – Jogos Educativos Ambientais, Oficina de Reciclagem de Garrafas Pets; e Espaço Bosque – Rapel, Tirolesa e Primeiros Socorros.

DSC_0533De acordo com o coordenador do Projeto, Reinaldo de Jesus Silva, “este é o 5º ano que fazemos o projeto. Foram mais de 30 escolas inscritas, temos hoje mais de 30 projetos da UEMA e de outras Universidades que estão participando com a gente. Estamos aqui para receber a comunidade e isso é muito importante para o ensino, a pesquisa e extensão. Nossos alunos estão passando esse conhecimento para a garotada que está vindo de diversas escolas da Grande São Luís”.

Segundo a professora Gliciane Barros, da Escola Brilho do Sol, “esse evento possibilita a ampliação do conhecimentos dos alunos que podem conhecer várias metodologias que a UEMA desenvolve. Os alunos gostam de participar e interagir com os alunos de outras Escolas. É muito importante ter esse evento todo ano para que eles possam ter contato com a diversidade de conhecimentos”.

DSC_0454

A Diretora da Escola 1º de Maio, do Bairro da Santa Efigênia, Francisca Barros, destacou: “É a primeira vez que estamos participando essa ação promovida pela UEMA. É uma excelente iniciativa para os alunos saberem como funciona a Universidade. As crianças ficaram bastante ansiosas. Essa ação amplia a visão deles e esse espaço é o espaço que a gente deseja que eles estejam futuramente”.

DSC_0646

DSC_0474

DSC_0577

Por Karla Almeida

Fotos: Rafael Carvalho

Compartilhar.