Campus Caxias desenvolveu projeto “Eu, o outro e a construção da identidade étnica”

JORNAL 2A partir da necessidade de dialogar com crianças sobre as diversas etnias existentes e desconstruir os muitos estereótipos já adquiridos com tão pouca idade, a professora Elizete Santos da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) – Campus Caxias desenvolveu o projeto de extensão do Programa Acolher, da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis (PROEXAE), intitulado “Eu, o outro e a construção da identidade étnica”.

O projeto teve o objetivo de compreender a importância do pertencimento étnico para as crianças de 3 a 5 anos, bem como sua história pessoal, familiar e comunitária, dando ênfase aos aspectos identitários e culturais para o fortalecimento da etnicidade.

Durante o desenvolvimento do projeto foi fundamental dialogar com as crianças, bem como observar como elas lidavam com as questões sobre a temática trabalhada. Por meio de brincadeiras, músicas e leituras buscou-se também, discutir a temática.

JORNAL“Com o encerramento das ações, os resultados obtidos foram a construção da empatia com as outras pessoas, a valorização étnica de cada um, a aceitação e respeito da sua etnia e do outro e a construção do amor pelo próximo.  Além disso, foi possível realizar a construção do respeito entre as pessoas e grupos étnicos, a valorização da diferenças entre as pessoas, o respeito às ideias contrárias”, destacou a professora Elizete Santos.

Por Karla Almeida

Compartilhar.