Professores da UEMA tomam posse na Academia Itapecuruense de Ciências, Letras e Artes


Por em 26 de outubro de 2021



Os professores Antônio Blecaute Costa Barbosa e Itaan de Jesus Pastor Santos, da Universidade Estadual do Maranhão, tomaram posse, na última semana, na Academia Itapecuruense de Ciências, Letras e Artes (AICLA). A cerimônia foi realizada na sede Academia, no último dia 20 de outubro.

Os novos acadêmicos da AICLA ocuparão as cadeiras patroneadas pelo Cônego Albino Campos e Luiz Gonzaga Bandeira, respectivamente.

                                   

                                   

Antônio Blecaute Barbosa é professor do Centro de Ciências Aplicadas (CCSA), da UEMA, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, escritor e foi um dos precursores do teatro itapecuruense na década de 1980. É autor do livro “A legitimidade do gasto governamental no Brasil: as condições de possibilidade do controle externo pelo Tribunal de Contas da União após a Constituição Federal de 1988”.

Para Antônio Blecaute a AICLA constitui “uma instituição cultural que tem papel fundamental na tarefa de manter vivos os diversos saberes produzidos no município. Estão contemplados nesses saberes aqueles decorrentes da ciência, da literatura e das artes, em todas as suas manifestações. Fazer parte dessa missão institucional é um privilégio indescritível e uma responsabilidade imensa. Estou motivado pelas possibilidades de contribuição como acadêmico da AICLA”, destacou o professor, que ocupará a cadeira de n° 17.

Já o professor Itaan de Jesus Pastor Santos, atua no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioespacial e Regional e coordena o Núcleo de Extensão e Desenvolvimento (LABEX) da UEMA. Ele ocupará a cadeira de nº 14.

“Academia Itapecurense de Ciências, Letras e Artes é uma das mais dinâmicas do estado, porque vem incentivando muito a produção e muitos acadêmicos têm produzido o conhecimento científico, têm escrito obras literárias, têm desenvolvido muitas atividades artísticas pelo incentivo dessa academia. A minha participação tem uma lógica muito mais científica porque eu me propus a ser candidato por conta de todo o meu trabalho na própria universidade, tem uma lógica de produção científica”, afirmou o professor Itaan de Jesus.

                                                 

                                                   

Na mesma solenidade também foram eleitos Adney Teles, pesquisador, servidor público, jurista e professor universitário, e João Carlos Pimentel Cantanhede, artista plástico com graduação pela Universidade Federal do Maranhão, professor, escritor e Mestre em Artes Visuais.

A Academia Itapecuruense de Ciências Letras e Artes (AICLA)

A Academia Itapecuruense de Ciências Letras e Artes (AICLA) foi fundada em 07 de dezembro de 2011 e impulsionou a produção e divulgação da cultura letrada no município de Itapecuru-Mirim e em vários eventos no Estado do Maranhão, tendo um significativo papel de propagadora dos talentos artísticos da região.

Com a sua atuação, a AICLA estimulou a publicação de vários livros e empenhou-se na divulgação do trabalho autoral de seus membros com atividades de estímulo a leitura e a produção de textos, a divulgação da história e da cultura da região e projetos, tais como: Cafés Literários, AICLA vai à escola, AICLA em MOVIMENTO, publicação de antologias com autores inéditos da confraria e com autores novos que estavam querendo publicar seus trabalhos.

Por: Polyanna Bittencourt



Últimas Postagens - Array / noticias-uema