Valorização da pesquisa e pós-graduação na UEMA é debatida na abertura do V Seminário PROQUALIT


Por em 21 de outubro de 2021



Na manhã desta quinta,21, a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação(PPG), iniciou o V Seminário PROQUALIT, com transmissão ao vivo pelo canal do UEMANET no Youtube.

Com o tema: “Planejamento Estratégico dos Programas: buscando a excelência da Pós-Graduação”, o seminário tem por objetivo discutir questões estratégicas para a Pós-Graduação da UEMA.

O PROQUALIT (Programa de Qualidade Total para os cursos de Pós-Graduação da UEMA) foi criado em 2015, com vistas ao avanço tanto quantitativo quanto qualitativo da pós-graduação.  Um dos pontos centrais do Programa é a articulação de um conjunto de ações de apoio, acompanhamento e avaliação, tendo em vista a consolidação e a expansão da pós-graduação Stricto sensu na Universidade Estadual do Maranhão.

O apoio institucional pode ser exemplificado, pelo pagamento de valor anual aos Programas, para despesas de custeio e capital, tais como: Pagamento de passagens e diárias para apresentação de trabalhos em eventos nacionais e internacionais; pagamento por publicação de artigos Qualis A1 a B3 na área de avaliação do Programa, além de livros e capítulos de livros; Pagamento de Bolsa Produtividade em Pesquisa.

De acordo com o vice-reitor da UEMA, Walter Sant´anna, o Programa é essencial para a Instituição. “Por meio do PROQUALIT conseguimos atingir nossos objetivos na pesquisa e pós-graduação. Sant´anna considerou ainda que a pesquisa e pós-graduação é a locomotiva da Universidade. “É onde se desenvolve as pesquisas mais avançadas e isso reflete para todos os alunos e professores do ensino de graduação”, disse.

Para a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação, Rita de Maria Seabra Nogueira, a PPG e o PROQUALIT têm muitas ações e para que elas se materializem de forma concreta perpassam por outras pró-reitorias, outros setores institucionais, além dos órgãos de fomento, como CNPQ e CAPES, e em especial, a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Maranhão (FAPEMA). “A FAPEMA é uma das grandes fundações deste país. No que se refere ao PROQUALIT, ela tem colaborado com recurso financeiros e bolsas, sendo essencial para o Programa”, disse.

A pró-reitora destacou que por trás de todo trabalho de excelência desenvolvido no PROQUALIT, há uma equipe muito empenhada. “Tenho um equipe fantástica de pessoas solícitas e dedicadas. Só tenho a agradecer a todos os nossos colabores. Meu muito obrigada sempre (…). Por fim, gostaria de agradecer a todos os pesquisadores da Instituição. Não é fácil fazer pesquisa neste país”, frisou.

O reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa, sublinhou que o cenário para o desenvolvimento científico do Brasil está crítico e enfrenta grandes dificuldades, dessa forma, o PROQUALIT se faz ainda mais necessário. “Que construamos uma ponte que nos dê ligação com o ambiente nacional e nos faça partilhar, com as demais instituições, não só das preocupações, mas também de uma grande mobilização que se contraponha a esse ‘estado de coisas’ que hoje compromete a ciência brasileira e diria até a ciência global”, analisou.

Com a pandemia da COVID-19, o gestor observou que houve uma nova dimensão no contexto científico, aproximando pesquisadores em escala mundial. “A ciência que nós fazemos no Maranhão é uma ciência global e essa rede de pesquisa, de cooperação, a internacionalização, a eliminação das fronteiras, a aproximação dos pesquisadores e das universidades se sobrepõe a questões menores que nós todos havemos de nos posicionar”, proferiu Gustavo Costa.

O reitor disse ainda que o PROQUALIT é uma necessidade eminente que a UEMA ainda tem e precisa manter para auxiliar os programas stricto sensu e pesquisadores. “Orientamos internamente os programas de pós-graduação de modo que, juntos, possamos enfrentar esse mar de situações que colocam em risco a nossa ciência. Em temos de pandemia não é equivocado dizer, invocando uma metáfora, que a ciência nacional na está na UTI”, observou.

E as experiências exitosas do PROQUALIT se devem, em grande medida, ao empenho, à luta, à capacidade de resistir dos pesquisadores e pesquisadoras e dos nosso programas de pós-graduação. “Que nós consigamos manter o nosso ritmo, o nosso foco, sempre comprometido com a elevação da qualidade daquilo que nós fazemos”, concluiu o reitor.

Na última década, a UEMA saiu de quatro programas de pós-graduação para dezessete. Logo, a meta atual é a consolidação dos programas stricu senso. “Isso envolve uma série de políticas e ações que faça com eles adquiram maturidade e avancem no processe de excelência, que é visto como a elevação dos conceitos dos programas”, explicou a Pró-Reitora Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação, Antônia Alice Rodrigues.

Ao longo da manhã, houve apresentação específicas das ações da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (2021) ministradas pela Drª. Rita de Maria Seabra Nogueira (Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação); Drª. Antonia Alice Costa Rodrigues (Pró-Reitora Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação); Dr. Tiago Massi Ferraz (Coordenador do PROQUALIT); Drª. Nancyleni Pinto Chaves Bezerra (Coordenadora de Pós-Graduação) e Drª. Marina Bezerra Figueiredo (Coordenadora de Pesquisa)

No momento derradeiro da manhã, aconteceu  a apresentação do Projetos Aprovados pela UEMA referentes ao Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação na Amazônia Legal- PDPG, com Dr. Fábio Afonso Mazzei Moura de Assis Figueiredo (Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Agricultura e Ambiente), Dr. Ícaro Gomes Antonio (Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Recursos Aquáticos e Pesca) e Dr. Luiz Carlos Araújo dos Santos (Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Natureza e Dinâmica do Espaço)

Clique aqui e assista a toda a gravação do evento PROQUALIT

Veja a programação desta tarde

14h – 15h – Palestra 1 – Autoavaliação dos Programas de Pós-Graduação
Prof. Robert Evan Verhine (Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFBA e Coordenador da Área de Educação da CAPES)
15h – 15h30 – Discussão

15h30 – 16h30 – Palestra 2 – Planejamento Estratégico dos Programas de Pós-Graduação
Rafael Rodrigues Carvalho (Coordenador de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da UFRPE)
16h30 – 17h00– Discussão

18h – Prêmio Teses e Dissertações UEMA – Vídeos com apresentações dos Trabalhos Premiados

Por: Walline Alves



Últimas Postagens - Array / noticias-uema