VIII Jornada Pedagógica das Ciências Agrárias debate sobre Estratégias Ativas de Ensino-Aprendizagem

A Uni8ª jornada pedagogica ciencias agrarias (3)versidade Estadual do Maranhão (UEMA) realizou, nesta terça-feira (14), no auditório do UEMANET, a VIII Jornada Pedagógica das Ciências Agrárias (CCA).

O evento contou com a participação dos professores dos cursos de Agronomia, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária e Zootecnia e foi aberto para toda a comunidade acadêmica, entre docentes e discente da UEMA.

O tema principal, intitulado “Estratégias Ativas de Ensino-Aprendizagem”, foi conduzido pela palestrante Drª. Regina Werneck, Assessora de Gestão Estratégica do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal (CRMV-DF).

Chegando em sua oitava edição, a jornada, segundo a diretora do Centro de Ciências Agrárias, Francisca Neide, avança em seus temas, sempre colocando tanto o professor quanto o aluno como prioridades. “A jornada é realizada duas vezes por ano. No começo do ano, discutimos a relação interpessoal entre aluno e professor. Agora, ampliamos o debate para discutirmos as estratégias ativas de ensino-aprendizagem”, comentou a diretora.

“A ideia é levar o aluno a construir junto com o professor a melhor forma de aprendizado, construindo temáticas de formas lúdicas, trabalhando novas metodologias. Assim, facilita o aluno a aprender, empreender e, também, ter interesse nesses conteúdos”, acrescentou Francisca Neide.

8ª jornada pedagogica ciencias agrarias (1)A oportunidade da Jornada Pedagógica do CCA reforça a necessidade em atualizar os projetos pedagógicos postos em prática no Centro e em toda a UEMA, segundo afirma a Pró-Reitora de Graduação, Andréa de Araújo. “Um evento como este vem para nos provocar, rever os nossos projetos pedagógicos, rever a origem e ter essa permanente formação continuada, para poder atualizar os projetos e colocarmos em prática na sala de aula. Temos vários atores no processo, mas o desafio é esse: chegar nessa interlocução do projeto e permitir debates permanentes entre os núcleos”, analisa a Pró-Reitora de Graduação, Andréa de Araújo.

Para a Drª. Regina Werneck, o tema “Estratégias Ativas de Ensino-Aprendizagem” acompanha o avanço da tecnologia e educação, o que o torna necessário em eventos de debate. “Antes, se falava em ensino. Depois em aprendizagem. E a gente sabe que isso é uma relação. E no ensino superior, sabemos que alguns docentes ainda não estão preparados para a docência. (…) O professor precisa de competências específicas e trabalhar o processo de ensino-aprendizagem conhecendo a educação. E, é por isso que esta jornada se faz bastante necessária”, finalizou a palestrante.

Por: Gustavo Sampaio

Compartilhar.